Governo Federal anuncia novo modelo de passaporte válido a partir de setembro; confira

O novo modelo de passaporte foi idealizado em parceria entre a Polícia Federal e Ministério das Relações Exteriores com a Casa da Moeda

Postado em: 28-06-2022 às 10h34
Por: Mariana Fernandes
O novo modelo de passaporte foi idealizado em parceria entre a Polícia Federal e Ministério das Relações Exteriores com a Casa da Moeda | Foto: Reprodução/Ministério da Justiça e Segurança Pública

Nesta segunda-feira, 27, o Governo Federal anunciou um novo modelo de passaporte. O propósito, segundo o Ministério de Justiça e Segurança Pública é que o documento se torne o ‘’cartão de visitas do cidadão brasileiro para o mundo’’.

A troca de passaporte para o novo não será obrigatória: ela só é necessária quando o documento vence. Para a Organização das Nações Unidas (ONU) que padroniza os documentos, os passaportes só precisam ser atualizados a cada 10 anos. Mas, de acordo com a ICAO  (International Civil Aviation Organization), os itens são os mesmos desde 2006.

Até então, a última grande atualização só havia acontecido em 2015, quando ele passou a ter um chip e ser chamado de passaporte eletrônico.

Continua após a publicidade

O novo modelo de passaporte foi idealizado em parceria entre a Polícia Federal e Ministério das Relações Exteriores com a Casa da Moeda, levando em conta o que é de mais moderno no mundo em parceria com uma tecnologia antifraude. 

O documento será temático, com páginas ilustradas com ícones representativos dos biomas e da cultura brasileira, representando cada uma das cinco regiões do país, sendo homenageadas nas páginas internas. O passaporte também passará a ter mais cores por conta dos ícones.

Na capa, se destaque a volta do brasão da República e a saída das estrelas do Cruzeiro do Sul. Na página com os dados do cidadão, haverá uma foto em preto-e-branco formada com dados biométricos da pessoa, além da foto colorida tirada na hora de fazer o documento.

O novo modelo começará a ser emitido a partir de setembro deste ano, na mesma data data do bicentenário da Independência do Brasil. O  Ministério da Justiça também informa que não haverá alteração no procedimento e o mesmo continuará custando R $257,25.

Até lá, quem precisar tirar seu passaporte poderá fazê-lo normalmente.

Veja Também