Veleiro Cisne Branco, da Marinha do Brasil, colide com ponte no Equador; veja o momento do acidente

O acidente teria ocorrido devido a uma manobra errada, agravada pela forte correnteza do Guayas no momento do incidente.

Postado em: 19-10-2021 às 09h16
Por: Ícaro Gonçalves
O acidente teria ocorrido devido a uma manobra errada, agravada pela forte correnteza do Guayas no momento do incidente | Fotos: Reprodução

O Navio-Veleiro Cisne Branco, emblemática embarcação da Marinha do Brasil, sofreu um acidente nesta segunda-feira (18/10) ao colidir com uma ponte para pedestres perto de Guayaquil, no Equador. Apesar do susto, autoridades locais dizem que ninguém se feriu.

O acidente teria ocorrido devido a uma manobra errada, agravada pela forte correnteza do Guayas no momento do incidente. A ponte contra a qual o navio se chocou liga a cidade de Guayaquil à ilha Santay, no Equador.

No vídeo, é possível observar que a ponte possui passagem para navios, porém a embarcação não conseguiu alcança-la antes do acidente.

Continua após a publicidade

Em nota, a Marinha brasileira afirmou que ainda apura as causas do acidente.

Veja a nota na íntegra:

“A Marinha do Brasil (MB) informa que hoje (18), às 15h (horário de Brasília), durante manobra no Rio Guayas, em Guayaquil-Equador, o Navio-Veleiro Cisne Branco colidiu com uma ponte, possivelmente devido ao efeito da correnteza. Um rebocador local, que apoiava o navio, emborcou durante esse movimento. Não houve acidente de pessoal.

No momento, o NVe Cisne Branco encontra-se fundeado em segurança, aguardando disponibilidade de cais para atracação em Guayaquil, onde serão avaliadas as condições de material, mais detalhadamente.

A Marinha do Equador, bem como autoridades locais, vem prestando total apoio ao nosso Cisne Branco. A MB apura as causas e circunstâncias do acidente”, concluiu a nota.

 

Veja o vídeo com o momento do acidente:

Veja Também