Agressões: jovem quase morre em decorrência de relacionamento abusivo

Postado em: 26-12-2021 às 15h10
Por: Maria Paula Borges
Rapaz era espancado, sofreu queimaduras por ter água quente jogada no corpo, estrangulado e proibido de se alimentar corretamente | Foto: reprodução

O britânico Alexander Gerald Skeel conheceu sua namorada, Jordan Worth, em 2012 durante um concerto. Com o tempo, os dois passaram a morar juntos e, rapidamente, Jordan começou a desenvolver um comportamento abusivo, espancando, jogando água quente, estrangulando e proibindo Alexander de se alimentar.

Segundo informações, a vida de Alexander passou a ser controlada pela namorada, que o isolava de amigos e familiares, sendo forçado inclusive a deixar o emprego para acompanhar Jordan diariamente à faculdade.

Em certo momento, o homem terminou o relacionamento, mas, posteriormente, a jovem revelou estar grávida do primeiro filho. Acreditando que a maternidade a mudaria, voltaram a ficar juntos. A mãe do rapaz exigiu teste de gravidez, que deu positivo.

Por vezes, Jordan se mostrava insatisfeita com as roupas e sapatos usados por Alexander e, para agradar a namorada, ele trocava. Além disso, o Facebook do rapaz era controlado pela namorada, o deixando sem ninguém para recorrer.

Com o tempo, os abusos mentais evoluíram para violência física e, no início, ele era atacado com arremessos de garrafas de vidro na cabeça, que ficavam na cabeceira ao lado da cama. Ao perceber que o jovem se acostumou com a dor, passou a usar um martelo.

Jordan chegou a enrolar um fio de carregador no pulso e arremessar a tomada de metal na cabeça do namorado. Mesmo com sangue jorrando, ela negou ajuda ao namorado dizendo que ninguém se importava com ele. “Por que você simplesmente não morre? Ninguém se importa com você”.

Além disso, o jovem era atacado diariamente com facas e até mesmo com água fervendo, causando queimaduras de terceiro grau. Ele implorava para entrar em banheira com água corrente e Jordan permitia por um curto tempo, retornando às agressões logo em seguida.

Compartilhe: