Tropas russas invadem a Ucrânia: explosões foram registradas em várias cidades; veja os vídeos

Explosões já são ouvidas em cidades da Ucrânia como Kharkiv, Mariupol e Kiev, a capital

Postado em: 24-02-2022 às 09h11
Por: Alexandre Paes
Explosões já são ouvidas em cidades da Ucrânia como Kharkiv, Mariupol e Kiev, a capital. | Imagens: Reprodução/Internet

Em discurso na televisão na manhã desta quinta-feira (24/2), o presidente russo, Vladimir Putin, anunciou uma “operação militar especial” no leste da Ucrânia. Desde então as tropas russas invadiram o território ucraniano, os bombardeios e explosões começaram a ser ouvidos em diversas cidades da Ucrânia, inclusive na capital Kiev. Os cidadãos procuram fugir do país, e congestionamentos de trânsito são registrados. (Confira os vídeos)

Divulgação | Internet

O presidente ucraniano, Volodymyr Zelenskiy, aconselhou os cidadãos a ficarem em casa durante a operação russa, e pediu “calma” à população. Joe Biden, presidente dos Estados Unidos (EUA), condenou o “ataque injustificado” da Rússia e disse que “o mundo vai exigir contas” a Moscou.

Leia também: Invasão e bombardeios na Ucrânia já deixaram ao menos 58 mortos dos dois lados; acompanhe

Continua após a publicidade

Com medo de que essa invasão se torne um ‘grande guerra’, jogadores brasileiros que atuam no Shakhtar Donetsk e no Dínamo de Kiev publicaram um vídeo em suas redes sociais pedindo ajuda ao governo brasileiro para deixarem a Ucrânia. Cerca de 20 pessoas, entre atletas e familiares, estão em um hotel localizado na cidade de Kiev.

Reprodução | Internet

Em seu pronunciamento, Putin justificou a ação ao afirmar que a Rússia não poderia “tolerar ameaças da Ucrânia”. Putin recomendou aos soldados ucranianos que “larguem suas armas e voltem para casa”. O líder russo afirmou ainda que não aceitará nenhum tipo de interferência estrangeira.

Por meio de um comunicado do presidente Joe Biden, Putin ainda fez um aviso para outras nações e organizações: “Algumas palavras para aqueles que seriam tentados a intervir: a Rússia responderá imediatamente, e você terá consequências que nunca teve antes em sua história”, afirmou.

Confira os vídeos de bombardeios em diversas cidades da Ucrânia:

Sirenes soam para alertar bombardeios em Kiev, capital da Ucrânia

Veja Também