Bolsonaro se reúne hoje com entidade empresarial em Anápolis

Postado em: 09-06-2021 às 08h05
Por: Samuel Straioto
Presidente participará de lançamento de entidade empresarial e reunião com evangélicos | Foto: Reprodução

O presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido) cumprirá agenda em Anápolis na tarde desta quarta-feira (9). Bolsonaro participará de uma série de atividades, entre elas, o lançamento da Federação das Associações Empreendedoras, Comerciais, Industriais, Serviços, Tecnologia, Turismo e Terceiro Setor do Estado de Goiás (Faciest-GO) e um culto evangélico em homenagem a ele. A visita, que terá início às 14 horas, deve se estender até o início da noite.

O presidente da Faciest será Rubens Fileti, que também preside a Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Goiás (Acieg). A nova entidade será alternativa à Federação das Associações Comerciais, Industriais, Empresariais e Agropecuárias do Estado (Facieg). A Acieg se desfiliou da Facieg em dezembro de 2019. Na ocasião, também será entregue ao presidente uma carta com sugestões complementares à proposta da reforma tributária e sobre a criação da Contribuição Social sobre Operações com Bens e Serviços (CBS).

A visita é articulada por líderes Bolsonaristas em Goiás, entre eles o deputado federal Major Vitor Hugo (PSL). Bolsonaro ainda deve participar de um culto em sua homenagem, na igreja evangélica Church In Connection, comandada pelo pastor Thiago Cunha, que é Diretor de Cultura do prefeito Roberto Naves (PP). Bolsonaro ainda deve receber um grupo de vereadores da cidade, além de prefeitos apoiadores. Representantes de entidades da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros também serão recebidos por ele. A agenda faz parte do trabalho de Bolsonaro de tentar alinhar sua imagem à dos evangélicos, que, juntamente com os militares, formam a base do seu eleitorado.

Recentemente Vitor Hugo promoveu a vinda a Goiás de outras lideranças Bolsonaristas como: o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles e da deputada federal Carla Zambelli. Os dois participaram do “Primeiro Simpósio na Semana do Meio Ambiente”. Vitor Hugo deve disputar a reeleição para o cargo de deputado federal.

Prefeitura enviará à Câmara prorrogação para adesão à Lei das Fachadas Limpas 

A Prefeitura de Goiânia encaminhará projeto à Câmara de vereadores da capital alterando o prazo para adesão ao Programa de Ordenação dos Engenhos Publicitários, ou seja, a Lei das Fachadas Limpas na capital. O período para aderir a ação será prorrogado até 2023. A intenção é evitar a poluição visual e padronizar as placas de propaganda comerciais e letreiros de identificação de imóveis comerciais e residenciais, localizados ao longo do traçado histórico de criação e crescimento da cidade.

A lei foi sancionada em janeiro de 2020 e prevê a isenção do pagamento de IPTU aos imóveis que tiverem seus engenhos publicitários adequados à nova legislação até o dia 02 de janeiro de 2021. A lei prevê que no final do prazo, o proprietário que não aderisse ao programa ficaria sujeito à multa que pode varias de R$ 500 e R$ 2000. “Uma das leis que já existem, que é sobre a Lei das Fachadas, nós pedimos a prorrogação até 2023 para que incentive a mudança. Devido a pandemia não houve uma adesão muito grande e pedimos a prorrogação até 2023” explicou a superintendente de Planejamento Urbano e Gestão Sustentável, Carolina Alves.

Estão na lei os imóveis situados entre as Ruas 200-A e 200, no Setor Leste Vila Nova, Rua 233, no Setor Leste Universitário, Ruas 10, 82, Dona Gercina Borges Teixeira, Alameda dos Buritis, Avenidas Paranaíba, Oeste e Independência, no Setor Central, deverão ter suas fachadas e placas publicitárias adequadas à nova legislação. Além dos imóveis localizados ao longo das Avenidas Anhanguera, nos setores Aeroporto, Oeste e dos Funcionários, e Avenida 24 de outubro, finalizando no polígono formado pelas Ruas José Hermano, Rio Verde, Sergipe, Senador Morais Filho e Avenida Honestino Guimarães, em Campinas. (Especial Para O Hoje)

Compartilhe: