TRE-SP impede mudança de domicílio eleitoral de Moro para São Paulo

Ex-ministro disse que recebeu decisão com surpresa e que não desistirá do Brasil (Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

Postado em: 08-06-2022 às 08h27
Por: Francisco Costa
Ex-ministro disse que recebeu decisão com surpresa e que não desistirá do Brasil (Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) a mudança do domicílio eleitoral do ex-juiz Sergio Moro (União Brasil) para São Paulo. A decisão ocorreu na terça-feira (7). Foram quatro votos a dois.

Com este entendimento, Moro não poderá disputar o pleito deste ano pelo Estado. Para os magistrados que julgaram o caso, o ex-ministro, que é do Paraná, não tem vínculo com São Paulo.

A ação foi proposta pelo PT. Ele ainda pode recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Continua após a publicidade

Moro se manifestou pelo Twitter. “Recebi surpreso a decisão do TRE de São Paulo na ação proposta pelo PT. Nas ruas, sinto o apoio de gente que, como eu, orgulha-se do resultado da Lava Jato e não desistiu de lutar pelo Brasil. Anunciarei em breve meus próximos passos. Mas é certo que não desistirei do Brasil.”

Vale lembrar, o ex-juiz apresentou à Justiça Eleitoral o endereço de um Hotel em São Paulo para mudar o domicílio eleitoral, ainda em abril. À época, os advogados dele disseram à Folha de S.Paulo que ele criou vínculos políticos com a cidade.

“Filiando-se ao Podemos em Novembro de 2021, Moro estabelece São Paulo como sua base política. Passa a residir na capital paulista, no Hotel Intercontinental, cumprindo agendas semanais em São Paulo e, valendo-se da cidade como seu hub [ponto estratégico de conexão]. Chegadas e partidas, das viagens nacionais e internacionais, sempre da capital”, disseram.

Veja Também