Autoridades se solidarizam pela morte de Ronaldo Caiado Filho

O velório de Ronaldo Caiado Filho ocorreu no cemitério Vale do Cerrado, no Conjunto Vera Cruz

Postado em: 04-07-2022 às 08h27
Por: Ícaro Gonçalves
O velório de Ronaldo Caiado Filho ocorreu no cemitério Vale do Cerrado, no Conjunto Vera Cruz | Foto: Divulgação

O anúncio do falecimento de Ronaldo Ramos Caiado Filho estarreceu cidadãos,
políticos e autoridades de Goiás. Filho do governador Ronaldo Caiado (UB) com a ex-
esposa Thelma Gomes, Ronaldo Filho morreu na manhã deste domingo (3/7), tendo o
corpo sido encontrado na fazenda da família em Nova Crixás. Ele tinha 40 anos e a
causa da morte não foi revelada.


O pai, Ronaldo Caiado, participava da missa de encerramento da Festa de Trindade
junto da primeira-dama Gracinha Caiado quando soube da notícia. Ele e um grupo de
assessores foram vistos deixando o local às pressas pouco antes das 11 horas manhã,
saindo de helicóptero em direção ao Palácio das Esmeraldas.


Em nota, a assessoria do governador confirmou o ocorrido e pediu orações à família. “É
com profundo pesar que comunicamos o falecimento de Ronaldo Ramos Caiado Filho,
filho do governador Ronaldo Caiado e de Thelma Gomes. Ele morreu neste domingo
(3/7), aos 40 anos. A família enlutada pede a todos orações para enfrentar este momento
de imensa dor”, disse a assessoria.

Continua após a publicidade


Inicialmente marcado para as 16h, o velório de Ronaldo Filho ocorreu no início da
noite, às 18h30, em uma cerimônia reservada no cemitério Vale do Cerrado, no
Conjunto Vera Cruz, em Goiânia. O corpo foi cremado.


Vida pessoal


Ronaldo Filho era o único filho homem do governador, junto às irmãs Anna Vitória,
Maria e Marcela Caiado. Era provavelmente o mais reservado dos quatros filhos,
ostentando poucas fotografias nas redes sociais. Como seu pai, gostava da vida no
campo e de estar em contato com a natureza.


Homenagens


Em nota divulgada à imprensa, o presidente Jair Bolsonaro (PL) prestou condolências
pelo falecimento. ​​​​​”O presidente da República roga a Deus que receba Caiado Filho em seus braços e console o governador e toda a sua família, dando-lhes força e fé para
superar esse difícil momento de sua vida”, diz o texto.


Adversários políticos na corrida pelo governo estadual também se solidarizaram. O ex-
prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha (Patriota), escreveu: “Recebi com
tristeza a notícia da morte precoce do filho de Ronaldo Caiado, Ronaldo Filho.
Nenhuma dor no mundo se compara a uma perda como essa. Em sinal de respeito,
suspendi minha agenda deste domingo e estou em oração, pedindo que Deus conforte o
coração da família”.


Ex-governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB) manifestou solidariedade pelas redes
sociais. “Valéria, eu e nossas filhas externamos nosso pesar pelo falecimento de
Ronaldo Ramos Caiado Filho e manifestamos nossa solidariedade aos pais, Thelma
Gomes e Ronaldo Caiado, irmãos e familiares.


Pré-candidato ao governo de Goiás, Wolmir Amado (PT) escreveu: “Nosso abraço
fraterno às famílias enlutadas, neste momento tão difícil. Contem com nossas orações e
solidariedade. Ronaldo, descansa a tua vida no coração do Pai Eterno”.


Luto oficial


Durante a tarde, o prefeito de Goiânia, Rogério Cruz, publicou no Diário Oficial do
Município (DOM) decreto em que estabelece luto oficial de três dias. Mais cedo, Cruz
lamentou a morte de Ronaldo Filho. “Poucas notícias podem ser tão tristes quanto a do
falecimento de uma pessoa jovem, que tinha uma larga e enriquecedora trajetória pela
frente (…) A partida causa-nos um imenso vazio, embora saibamos que as memórias
felizes haverão de se eternizar. São elas também que nos consolam nos momentos mais
difíceis”, disse o prefeito.


“À mãe Thelma Gomes, às filhas Anna Vitória, Maria e Marcela, irmãs de Ronaldo
Filho, à primeira-dama, Gracinha Caiado, deixamos a nossa mais sincera manifestação
de pesar e os nossos votos para que encontrem conforto na paz do Senhor”, finalizou o
prefeito da capital, Rogério Cruz.


O luto de três dias também foi decretado na Câmara Municipal de Goiânia e na
Assembleia Legislativa de Goiás (Alego). “Os 35 vereadores e os servidores da Câmara
Municipal de Goiânia receberam com profundo pesar a notícia do falecimento de
Ronaldo Ramos Caiado Filho, de 40 anos, filho do governador Ronaldo Caiado com a

pedagoga Thelma Gomes. Os parlamentares e funcionários do Poder Legislativo
manifestam seus sentimentos e solidariedade ao governador, aos amigos e familiares”,
publicou a Câmara Municipal.


O presidente da Alego, Lissauer Vieira, também lamentou o falecimento de Ronaldo
Filho. “Uma perda precoce, irreparável e que gera imensa dor em todos os familiares e
amigos. Com os meus sinceros sentimentos de solidariedade, desejo muita força neste
momento difícil”, disse Lissauer.


Também nas redes sociais, diversos políticos prestaram homenagem a Caiado Filho,
entre eles o ex-governador de São Paulo João Doria (PSDB); o ex-ministro da Fazenda,
Henrique Meirelles; o ex-ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas; a ex-ministra da
Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves; os senadores por Goiás Jorge
Kajuru, Vanderlan Cardoso e Luiz Carlos do Carmo, entre outros políticos e autoridades
goianas e nacionais.

Veja Também