MP denuncia radialista Luiz Gama depois de ofensa homofóbica contra Matheus Ribeiro

Postado em: 13-12-2021 às 13h51
Por: Fernanda Santos
Radialista teria ofendido Matheus Ribeiro sem citar nome e proferido outras mensagens racistas e homofóbicas, segundo denúncia

Após indiciamento da Polícia Civil de Goiânia, o Ministério Público do Estado de Goiás ofereceu denúncia contra o radialista Luiz Gama pelos crimes de homofobia e injúria homofóbica praticadas contra o jornalista Matheus Ribeiro. Em 2019, Gama foi afastado da rádio Band News FM, depois de criticar a orientação sexual do jornalista em suas redes sociais.

Em um vídeo, o radialista apareceu ofendendo jornalistas homossexuais e se referindo a Matheus sem citar o nome. “O que tem de bicha e viado na televisão Goiânia, está um negócio de doido”, disse em tom de deboche. “Eles estão impregnando na imprensa, pelo amor de Deus”, continuou.

As postagens de Gama, entretanto, persistiram nas redes sociais. “O Jair Bolsonaro está corretíssimo ao acabar com o registro na DRT e por acabar com a exigência de diploma para jornalistas. Afinal, tem uma fraquíssima em rede nacional só por causa da cor da pele e outro comunzão fazendo fama só porque avisou que queima rosca”, publicou.

O advogado do locutor, Demóstenes Torres, afirmou que não sabia da denúncia e que o pronunciamento só deverá ocorrer após seu cliente ser citado.

Afastamento

Gama trabalhava, à época dos comentários, em uma empresa terceirazada pela Band, a Feras do Esporte, e não era contratado diretamente pela rádio. Logo que houve a repercussão das falas de Gama, a empresa solicitou a substituição do radialista.

Em comunicado oficial, a BandNews FM Goiânia afirmou que “combate com convicção quaisquer manifestação de preconceito, intolerância ou discriminação”.

Após ser demitido, Gama publicou um vídeo negando ser homofóbico. “Quero aqui reconhecer meu erro, alguns exageros que cometi em postagens que equivocadamente foram interpretadas como racistas ou homofóbicas”, disse. “Jamais me referi a você, jornalista Matheus Ribeiro, da TV Anhaguera, de maneira nenhuma quando fiz aquelas postagens. Mas, ainda assim, te peço perdão e peço que reconsidere essa minha posição”.

Compartilhe: