Entenda o real estado de saúde de Guta Streeser, diagnosticada com esclerose múltipla

Postado em: 20-06-2022 às 16h55
Por: Ícaro Gonçalves
Guta informou que os primeiros sinais da doença começaram no ano de 2020, quando participou do quadro Dança dos Famosos, no programa do Faustão | Foto: Arquivo pessoal

A atriz Guta Stresser, de 49 anos, conhecida por interpretar a Bebel em “A Grande Família”, revelou recentemente em entrevista à revista Veja ter sido diagnosticada com esclerose múltipla. “Nem sabia direito o que era aquilo, só que afetava o cérebro, e só isso me soou aterrorizante”, disse a atriz.

Guta informou que os primeiros sinais da doença começaram no ano de 2020, quando participou do quadro Dança dos Famosos, no programa do Faustão. “Parecia tudo normal até que, durante os ensaios, eu passava a coreografia e, quando terminava, não lembrava mais nada, nada mesmo.”

Com o tempo, seu estado de saúde foi piorando. A atriz começou a se esquecer de palavras simples, como copo e cadeira, além do início de dores musculares. “Se ficava duas horas parada assistindo a um filme na TV, logo sentia dores musculares. Tinha formigamentos frequentes nos pés e nas mãos, enxaquecas fortíssimas e variações de humor”, lembra.

Tombo e diagnóstico

Apesar dos sintomas, a atriz não imaginava que pudesse ser alguma doença mais grave. O sinal de alerta veio quando ela levou um tombo na sala de casa. “Resolvi procurar um otorrinolaringologista, achando que o problema poderia se resumir a uma questão de equilíbrio. Em princípio, ele disse que estava tudo certo, mas insisti para realizar uma ressonância magnética. Feito o exame, recebi enfim o diagnóstico: esclerose múltipla”, conta.

Hoje, Guta consegue controlar as crises com um remédio caro, que é oferecido pelo SUS. Ela também mantém uma rotina saudável, com exercícios físicos e para o cérebro, como palavras cruzadas. Recentemente, também incluiu no tratamento o óleo de canabidiol (CBD), uma substância obtida a partir da maconha.

Leia mais: Marcos Oliveira, Beiçola de ‘A Grande Família’, pede dinheiro no Instagram para cirurgia e recebe ajuda de Tatá Werneck

Guta participou de 14 temporadas de 'A Grande Família', entre 2001 e 2014 | Fotos: Reprodução
Guta participou de 14 temporadas de ‘A Grande Família’, entre 2001 e 2014 | Fotos: Reprodução

O que é a esclerose múltipla?

Segundo a Associação Brasileira de Esclerose Múltipla (Abem), a esclerose múltipla é conhecida como uma “doença neurológica, crônica e autoimune”. Ou seja, quando “as células de defesa do organismo atacam o próprio sistema nervoso central, provocando lesões cerebrais e medulares”.

Geralmente atinge pessoas entre 20 e 40 anos de idade, com uma incidência maior entre as mulheres. Pode causar danos ao cérebro e causar problemas de comunicação entre o cérebro e o resto do corpo. Eventualmente, a doença pode causar danos permanentes ou deterioração dos nervos.

Não há cura para a esclerose múltipla. No entanto, os tratamentos podem ajudar a acelerar a recuperação de ataques, modificar o curso da doença e controlar os sintomas.

Compartilhe: