Pioneira: veja as curiosidades sobre as eleições 2022

No dia 2 de outubro os eleitores irão às urnas votar o primeiro turno das Eleições 2022.

Postado em: 29-09-2022 às 16h36
Por: Maria Gabriela Pimenta
No dia 2 de outubro os eleitores irão às urnas votar o primeiro turno das Eleições 2022. | Foto: Reprodução

O dia da maior festa da Democracia se aproxima! No dia 2 de outubro os eleitores irão às urnas votar o primeiro turno das Eleições 2022 e, pela campanha, já sabemos que essas eleições não serão nada comuns. Você sabia que as Eleições deste ano serão pioneiras, carregando, inclusive, alguns recordes? Pra você ficar ainda mais preparado e informado, separamos 5 curiosidades sobre as Eleições 2022.

Horário

Pela primeira vez, os horários de votação em todo o país serão padronizados pelo horário de Brasília. Ou seja, o fluxo de votação, as fases de apuração, a totalização e a diplomação dos eleitos serão iniciados e encerrados no mesmo momento, o que deve agilizar a divulgação dos resultados das urnas eletrônicas e evitar especulações.

A decisão foi votada no ano passado pelo Tribunal Superior Eleitoral e aprovada por unanimidade. As seções eleitorais abrem às 8h e se encerram às 17h, de acordo com o horário de Brasília, obviamente. Por isso, é importante ficar atento aos fusos!

Continua após a publicidade

Nova versão da urna eletrônica

Das 577 mil urnas que serão utilizadas neste ano, 225 mil pertencem ao novo modelo, que faz parte da renovação de aparelhos feita pela Justiça Federal.

Além de terem a vida útil mais longa, as novas máquinas contam com um teclado mais assertivo, teclas com duplo fator de contato, aprimoramento do sistema de sintetização de voz e a inclusão de uma apresentação de um intérprete de Libras na tela.

O intuito do Tribunal de Justiça Eleitoral é agilizar o processo de votação e torná-lo ainda mais seguro.

Celular nas cabines de votação é proibido

Uma alteração recente na Lei das Eleições proíbe de vez a presença de aparelhos celulares nas cabines de votação. Anteriormente, o eleitor podia entrar com ele desligado e no bolso, por exemplo. Agora, nas Eleições 2022, nem isso será possível.

Segundo Artigo 116 atualizado, o telefone, assim como qualquer outro equipamento que pode comprometer o sigilo do voto, como câmeras, deve ser entregue desligado à mesa receptora de votos, juntamente com o documento de identidade.

Caso o eleitor leve o celular no dia da votação e se recuse a realizar tal procedimento, o mesário está autorizado a barrar o voto e chamar a polícia.

Quem não votou em 2020 nem justificou, pode votar este ano

Durante o pico da pandemia de coronavírus, em 2020, o TSE suspendeu por tempo indeterminado o pagamento de multas de eleitores que não conseguiram votar naquela ocasião nem apresentaram justificativa para a ausência.

Ou seja, não tem desculpa! Mesmo que esse seja o seu caso, você poderá votar normalmente nas Eleições 2022. O cadastro biométrico, que também segue suspenso, também não será um impedimento, caso você ainda não tenha feito.

Maior eleitorado da história

É isso mesmo! Neste ano, teremos um recorde de eleitores! De acordo com o TSE, mais de 156 milhões de brasileiros compõem o cadastro eleitoral. E o recorde também é de jovens, viu?! Neste ano, foi registrado um aumento de brasileiros entre 16 e 17 anos querendo votar, mesmo o voto sendo facultativo nestes casos. O crescimento foi de 51,13% em comparação a 2018. Hoje, 2,1 milhões de jovens nessa faixa etária estão aptos a participarem da maior festa da Democracia.

Leia também:

Veja Também