17 de outubro de 2017 - terça-feira

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Economia
Dia dos Pais
11/08/2017 | 13h55
Mais de 59% da população goianiense pretende presentear no Dia dos Pais
Pesquisa realizada pela Grupom mostra que o valor médio dos presentes ficou em R$ 154,96. O gasto total para a data deve injetar mais de R$ 66 milhões na economia da Capital

Na Pesquisa de Intenção de Compras encomendada pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Goiânia mostra que 59,5% da população economicamente ativa da Capital pretende presentear no Dia dos Pais 2017, comemorado próximo dia 13 de agosto. O valor médio dos presentes ficou em R$ 154,96, sendo que o gasto total para a data deve injetar mais de R$ 66, 499 milhões na economia goianiense. O trabalho foi realizado pela Grupom Consultoria Empresarial durante o mês de julho, em 27 pontos da cidade.

A pesquisa mostrou ainda que a maior parte dos consumidores (53,8%) que irá comprar presente este ano pretende pagar com dinheiro, a exemplo do que ocorreu em outras datas comemorativas deste ano, como o Dia dos Namorados e das Mães. Outros 26,9% escolheram o cartão de crédito como forma de pagamento e, 11,5%, o cartão de débito.

Dos que vão pagar com cartão de crédito, cheque (1,9%) ou crediário (5,8%), 72,2% vão parcelar o valor. Entre os consumidores que já escolheram o item que vão comprar, o vestuário (40,7%) foi o mais citado, seguido de perfumaria (25,9%), acessórios (9,3%), calçados (7,4%) e celular (5,6%).

Local

Das pessoas que já sabem onde comprar o presente, a preferência é pelas compras em lojas de rua (57, 7%), seguido pelos shoppings centers (26,9%) e internet (3,8%). Os mais presenteados serão os pais (41,2%), seguido dos esposos (12,7%), avôs (1,7%) e filhos (1,4%).

Confira dados da pesquisa

- 59,5% da população economicamente ativa de Goiânia pretende presentear neste Dia dos Pais;

- A maioria (53,8%) quer pagar em dinheiro;

- O valor médio de cada presente ficou em R$ 154,96;

- 57, 7% farão as compras em lojas de rua e, outros 26,9%, em lojas de shoppings;

- Os mais presenteados serão os pais (41,2%), seguido dos esposos (12,7%);

- Vestuário foi o presente mais citado (40,7%).  

Tópicos:  Pais,   Lojas,   Presentes

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)