A PHP Error was encountered

Severity: Notice

Message: Use of undefined constant v - assumed 'v'

Filename: controllers/noticia.php

Line Number: 85

ECONOMIA - Governo espera arrecadar até R$ 106,5 bilhões com pré-sal
Quarta-feira, 13 de novembro de 2019
GOIÂNIA-GO
{{tempo.temperatura}}°

Economia

Governo espera arrecadar até R$ 106,5 bilhões com pré-sal

Postado em: 06-11-2019 às 09h00
Rodada de licitações é considerada a maior da história. Foto: Agência Brasil

Aline Bouhid

O governo já tem garantidos R$ 70 bilhões dos R$ 106 bilhões que estima arrecadar com o megaleilão do petróleo das áreas do pré-sal, que será realizado nesta quarta-feira, no Rio de Janeiro, a partir das 10h. Esses R$ 70 bilhões vão ser pagos pela Petrobras, que exerceu seu direito de preferência em dois campos, Búzios e Itapu, dos quatro que serão leiloados. A informação é do ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, para o Correio Brasiliense. 

Foram habilitadas a participar do leilão 14 empresas privadas e estatais, incluindo a Petrobras, que devem formar consórcios e apresentar propostas para produzir petróleo e gás a partir de reservas excedentes de quatro blocos do pré-sal, que já estavam cedidos à Petrobras na Bacia de Santos, por meio do Contrato de Cessão Onerosa. No leilão de hoje, as empresas devem oferecer à União fatias iguais ou superiores aos seguintes percentuais mínimos de óleo-lucro: 26,23% no bloco de Atapu, 23,24% no de Búzios, 18,15% no de Itapu e 27,88% no de Sépia.

Por outro lado, os ex-diretores da Petrobras Guilherme Estrella e Ildo Sauer calculam perda de US$ 300 bilhões à União neste leilão. Em nota técnica enviada para o Instituto de Energia e Ambiente da Universidade de São Paulo, os ex-diretores  afirmam que os R$ 106 bilhões que o governo espera arrecadar com o megaleilão do pré-sal mal dão para cobrir 25% do pagamento de juros da dívida este ano, ou o déficit nas contas da União provocado pelo baixo crescimento da economia.

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar