Associação de Pós-Graduandos da UFG realiza ato em defesa do financiamento de pesquisa

Os recentes cortes orçamentários no CNPq podem ocasionar na interrupção do pagamento das bolsas para mais de 700 pesquisadores de pós-graduação da UFG.

Postado em: 26-10-2021 às 10h21
Por: Ícaro Gonçalves
Os recentes cortes orçamentários no CNPq podem ocasionar na interrupção do pagamento das bolsas para mais de 700 pesquisadores de pós-graduação da UFG | Foto: Reprodução

A Associação de Pós-Graduandos da Universidade Federal de Goiás (UFG), em conjunto com outras entidades, realizará na tarde desta terça-feira (26/10) um ato em defesa do financiamento de pesquisas e das bolsas provenientes do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Com o argumento de preservar o teto de gastos públicos, o governo federal havia bloqueado em julho um total de R$ 116 milhões da agência de fomento à ciência. O resultado pode ser a interrupção no pagamento das bolsas nos últimos meses do ano para mais de 700 pesquisadores de pós-graduação da UFG.

“O trabalho de pesquisa na UFG e nas universidades brasileiras impacta direta e indiretamente a vida da sociedade, especialmente nesses tempos de pandemia e crise econômica. Por meio desses cortes orçamentários, a pós-graduação brasileira corre sérios riscos de parar, e as consequências dessa paralisação serão severas”, afirma a Associação.

Continua após a publicidade

A ato será em forma de panfletagem e diálogo com a população, no cruzamento da Av. Goiás com a Anhanguera, a partir das 15h desta terça (26).

Veja Também