Balanço da Polícia Rodoviária Federal registra aumento no número de mortes e alcoolizados

Balanço da PRF revela que houve um aumento significativo no número de pessoas trafegando alcoolizadas pelas rodovias federais que cortam o Estado de Goiás em relação ao ano passado

Postado em: 04-03-2022 às 08h02
Por: Redação
Balanço da PRF revela que houve um aumento significativo no número de pessoas trafegando alcoolizadas pelas rodovias federais que cortam o Estado de Goiás em relação ao ano passado | Foto: Reprodução

Por Ítallo Antkiewicz

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou ontem (3), o balanço da Operação Carnaval 2022, que ocorreu entre os dias 25 de fevereiro e 2 de março. Apesar da redução do número de acidentes e feridos, o feriado de carnaval deste ano registrou cinco mortes em acidentes nas rodovias federais que cortam Goiás. Em 2021 foram quatro mortos.

O balanço da PRF também revelou que houve um aumento significativo no número de pessoas trafegando alcoolizadas pelas rodovias. Enquanto 45 motoristas foram flagrados no ano passado, este ano foram autuados 264 por alcoolemia. No total, foram 4.983 autuações por motivos diversos. Em 2021, no mesmo período foram 5.062. As infrações por uso de celular ao volante também subiram de 12 para 142, e de ausência do cinto de segurança, que de 258, em 2021, passaram para 278, em 2022.

Continua após a publicidade

“Estas infrações graves nos deixaram preocupados, a de alcoolemia cresceu quase 600% e a do uso de celular na direção cresceu mais de 10 vezes. Daqui a pouco já vamos nos reunir para programar a próxima Operação, que é a da semana santa”, comenta o inspetor da PRF Newton Moraes.

Conforme os números divulgados pela PRF, foram registrados durante o período um total de 44 acidentes, 47 pessoas ficaram feridas e outras cinco morreram durante o feriado prolongado. Além dos crimes de trânsito, outras 20 pessoas foram detidas por outros crimes, foram registradas 29 ocorrências policiais.

Nas rodovias federais de Goiás, 41 pessoas foram detidas por crimes diversos, o dobro do ano passado, em que 20 pessoas foram encaminhadas às delegacias de Polícia Civil. Durante o Carnaval deste ano, houve ainda 50 ocorrências policiais e 201 kg de cocaína foram apreendidos. Já no ano passado, foram 29 ocorrências e 66 kg de drogas recolhidos, o crescimento do tráfico também impressionou, passando dos 300%.

“Ano passado não tivemos carnaval, o movimento foi fraco, mesmo assim, tivemos números maiores de acidentes e feridos. Neste ano, os números foram menores. Houve um rigor, uma programação bem mais detalhada para tentarmos coibir”, afirma o inspetor Newton Moraes.

A reportagem do jornal O Hoje entrou em contato com a assessoria de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de Goiás, para pegar o balanço da Operação Carnaval 2022 da Polícia Militar, mas até o fechamento desta matéria não foi divulgado os dados.

Veja Também