Segunda-feira, 22 de julho de 2024

“Perfil da Empreendedora Goiana”: mulheres estão à frente de 1/3 dos negócios no Estado

Universidade Federal de Goiás (FACE/UFG) e Sebrae lançam estudo sobre as dificuldades que elas enfrentam

Postado em: 08-03-2022 às 13h22
Por: Augusto Sobrinho
Imagem Ilustrando a Notícia: “Perfil da Empreendedora Goiana”: mulheres estão à frente de 1/3 dos negócios no Estado
Universidade Federal de Goiás (FACE/UFG) e Sebrae lançam estudo sobre as dificuldades que elas enfrentam | Foto: Divulgação/Goiás Fomento

Enquanto as mulheres são 51% da população goiana, somente 34% dos negócios no Estado têm elas à frente da gestão. Os dados são da Faculdade de Administração e Ciências Econômicas da Universidade Federal de Goiás (FACE/UFG), em parceria com o Sebrae, no estudo “Perfil da Empreendedora Goiana”.

Segundo a coordenadora do estudo, Vera Lúcia de Oliveira, a participação feminina nos negócios goianos tem crescido nos últimos 40 anos. “A mulher empreendedora em Goiás é mais escolarizada que o homem empreendedor. Mais da metade das empreendedoras possuem ensino superior completo”, afirma.

Mulheres entre 35 e 54 anos se destacam neste cenário, pois os empreendimentos delas cresceram cerca de 10% a cada década. Por outro lado, Vera Lúcia destaca que 35% delas apontam dificuldades para iniciar um negócio próprio por barreiras culturais e sociais e  62% temem às incertezas do cenário econômico.

Continua após a publicidade

Além dessas dificuldades, o estudo aponta que com as demandas domésticas as mulheres dedicam 18 horas a menos aos seus empreendimentos e, em relação aos homens goianos, em uma mesma função e com trabalho exercido em um mesmo período, elas ganham cerca de 26% menos que eles.

Veja Também