Saneago descarta falta de água durante período de estiagem

Pensando nisso, a Saneago chama a atenção da população para o consumo consciente da água para evitar o desperdício

Postado em: 07-07-2022 às 10h29
Por: Alexandre Paes
Pensando nisso, a Saneago chama a atenção da população para o consumo consciente da água para evitar o desperdício | Foto: Reprodução

E o período de estiagem já se iniciou. Em goiás já são mais de 50 dias sem nenhum sinal de chuva. Mesmo com os reservatórios abastecidos, não se pode esbanjar. Lavar a calçada e deixar torneiras ligadas são atitudes que podem ocasionar a falta de água. A Saneago pede que a população deve ter extrema consciência na hora de utilizar a água no dia a dia, como lavar louças, tomar banho e ficar de olho se não há nenhum vazamento dentro de casa.

Ainda estamos em julho, e esse nem é o período de pior seca em Goiás. Pensando nisso, a Saneago chama a atenção da população para o consumo consciente da água para evitar o desperdício e a falta desse bem tão precioso. De acordo com a distribuidora, não há uma previsão de racionamento ou falta de água para esse período de estiagem. No entanto, a estatal espera uma colaboração dos consumidores para evitar o desperdício.

“Ainda estamos com a vazão das bacias em um nível consideravelmente tranquilo, mas não é por isso que nós como população podemos desperdiçar água. Por isso estamos conscientizando a todos que o uso deve ser moderado para que todo estado tenha água de hoje até setembro”, explicou Camila Roncato, superintendente de Meio Ambiente e Recursos Hídricos da Saneago.

Continua após a publicidade

Fazer o reaproveitamento da água que sai da máquina de lavar é uma ótima opção para reduzir o consumo. A saneago tem ampliado a divulgação da campanha para educar a população. A superintendente acredita que mesmo em período de estiagem, os goianeses não ficaram sem abastecimento, mas isso depende do consumo consciente de cada um.

“No nosso dia a dia devemos desligar o chuveiro na hora de lavar o cabelo ou se ensaboar; desligar as torneiras enquanto lava a louça ou escova os dentes; evitar ao máximo lavar o carro com água tratada, busque sempre utilizar a água de reaproveitamento da maquina de lavar; e em hipótese alguma lavar a calçada” destacou Camila.

Veja Também