GCM prende dois suspeitos de furto em série em casas e prédios públicos de Aparecida de Goiânia

Um dos homens, identificado como Wendel Vigilato, foi encaminhado à Central de Flagrantes da Polícia Civil e preso pelo crime de furto qualificado

Postado em: 18-08-2022 às 18h05
Por: Ana Bárbara Quêtto
Um dos homens, identificado como Wendel Vigilato, foi encaminhado à Central de Flagrantes da Polícia Civil e preso pelo crime de furto qualificado | Foto: Divulgação/Prefeitura de Aparecida

A Guarda Civil Municipal (GCM) de Aparecida de Goiânia capturou, na madrugada desta quinta-feira (18/8), um suspeito de furtar em série casas e prédios públicos na região dos setores Cidade Vera Cruz, Morada dos Pássaros, Mansões Paraíso e Papillon Park.

O homem, identificado como Wendel Vigilato, foi encaminhado à Central de Flagrantes da Polícia Civil e preso pelo crime de furto qualificado. Segundo a Prefeitura de Aparecida, o suspeito foi abordado quando tentava vender um controle de videogame furtado por ele, que confessou o crime.

Imagens de segurança do local capturaram um homem, com características semelhantes a Wendel, furtando uma casa em Aparecida, na última segunda-feira (15/8), por volta das 13h. Neste crime teriam sido levados vários eletroeletrônicos.

Continua após a publicidade

Leia também: Servidor público e comerciante são presos em flagrante furtando combustível de ônibus escolar, em Goianésia

Junto com o Wendel, a GCM levou para a delegacia outro suspeito, com o nome de Gabriel. De acordo com a Guarda Civil Municipal, Gabriel, que foi delatado pelo parceiro, possuía outros objetos roubados em sua casa. Com isso, a polícia também decretou a prisão do rapaz, pelo crime de receptação.

Para Weber Júnior, comandante da Guarda Civil Municipal de Aparecida, a prisão da dupla foi possível graças ao videomonitoramento do serviço de inteligência da GCM.

“Esse criminoso é um velho conhecido da GCM. Ele tem longa ficha criminal e chegou a ficar preso por sete anos, mas agora foi retirado de circulação pelas nossas equipes e entregue à autoridade policial”, comenta Weber.

Leia também: PMs que abordaram jovem encontrado morto estão envolvidos em outros casos de mortes em Goiás

Veja Também