Aprovado Projeto de Lei que leva nome de Marília Mendonça ao Mercado Popular de Goiânia

A efetivação do PL depende da sanção do prefeito Rogério Cruz (Republicanos)

Postado em: 22-09-2022 às 17h31
Por: Ana Bárbara Quêtto
A efetivação do PL depende da sanção do prefeito Rogério Cruz (Republicanos) | Foto: Reprodução

Foi aprovado o Projeto de Lei que leva o nome de Marília Mendonça ao Mercado Popular da Rua 74, no Setor Central, nesta quinta-feira (22/9). De autoria do vereador Geverson Abel (Avante), o plenário da Câmara de Goiânia autorizou a decisão por unanimidade, durante a segunda e última sessão.

A efetivação do PL depende da sanção do prefeito Rogério Cruz (Republicanos). Segundo o vereador, a expectativa é que Cruz sancione o projeto “por se tratar de um reconhecimento de Goiânia a essa grande cantora, Marília Mendonça. Portanto, acredito piamente que nossa proposta vai se tornar lei”.

Na justificativa da homenagem, Abel relembra inúmeras passagens artísticas da cantora, que nasceu em Cristianopólis, mas foi criada em Goiânia. Levou o nome de Goiás para todos os cantos do Brasil e do mundo. Uma artista de enorme talento e carisma. Nossa proposta é apenas uma singela homenagem a essa fabulosa cantora”, disse Abel.

Continua após a publicidade

“Marília Mendonça é ícone da música sertaneja e será lembrada por gerações pelo legado deixado”, concluiu o autor. O tradicional Mercado Popular da 74 é conhecido por ser palco de apresentações musicais voltadas a MPB, samba, pagode, pop e outros ritmos, inclusive o sertanejo, além do seu famoso perfil gastronômico.

Leia também: Influencer que publicou vídeo zombando de autistas é condenada a pagar R$ 10 mil

Homenagens

Após ser vítima de um desastre aéreo, em Minas Gerais, em novembro de 2021, Marília Mendonça vem recebendo homenagens em todo o país até os dias atuais. Em Goiás, o hospital municipal de Cristianópolis também passou a ter o nome da artista.

“A morte precoce de Marília Mendonça, aos 26 anos, deixou em todos nós uma lacuna enorme. E como forma de homenageá-la, vou enviar à Câmara Municipal uma proposta para que o Hospital Municipal em que ela nasceu, aqui na cidade, leve o seu nome”, escreveu a prefeita, Juliana da Farmácia (DEM), nas redes sociais no ano passado.

Veja Também