Reunião do COE decidirá retorno das aulas presenciais em Goiás

Postado em: 28-10-2020 às 10h25
Por: Redação
De acordo com o Governo Estadual, um dos dois indicadores da situação da Covid-19 que foram pactuados já foi alcançado, o que deixa a decisão dependendo apenas do outro, que será analisado na reunião - Foto: Wesley Costa

Igor Afonso

O Centro de Operações de Emergências (COE) em Saúde Pública
de Goiás, realizará uma reunião na manhã desta quarta-feira (28), para decidir
o retorno ou não, das aulas presenciais da rede estadual de ensino.

De acordo com o Governo Estadual, um dos dois indicadores da
situação da Covid-19 que foram pactuados já foi alcançado, o que deixa a
decisão dependendo apenas do outro, que será analisado na reunião.

Segundo Fluvia Amorim, superintendente de Vigilância em
Saúde de Goiás, para o retorno das aulas presenciais, duas “metas” precisavam
ser alcançadas: a taxa de ocupação dos leitos no Estado, deveriam ficar abaixo
de 75% por 4 semanas consecutivas e o número de óbitos por Covid-19 precisa
permanecer abaixo de 15% pelo mesmo período e um delas já foi cumprida.

“O [indicador] de ocupação de leitos já tinha sido alcançado
desde a semana retrasada e faltava o de óbitos. Amanhã vamos fazer essa nova
avaliação […]. Depende só de um agora”, afirmou Flúvia.

A superintendente disse que uma possível data para o retorno
das aulas, será decidida na reunião.

 

Compartilhe: