1º Festival Internacional de Cinema de Goiânia começa esta semana; confira a programação dos filmes

Postado em: 10-05-2022 às 15h53
Por: Ana Bárbara Quêtto
O festival tem como tema “Cinema e Conexões”. | Foto: Reprodução.

O 1º Festival Internacional de Cinema de Goiânia (GIFF) começa nesta quarta-feira (11/5) e vai até sábado (14/5). A estreia será ao vivo pelo canal do YouTube do festival, com o documentário Primavera Púrpura, de Silvana Beline, às 20h de amanhã (11). Os demais filmes serão expostos pela plataforma InnSaei.TV, de forma gratuita, do dia 12 (quinta-feira) a 14 (sábado) de maio.

O GIFF está divido em amostras. A Mostra Origens apresenta exclusivamente obras goianas, de diversos gêneros cinematográficos, a Mostra Ruptura traz filmes mais contemporâneos, a Mostra Infantil trata sobre temáticas destinadas a crianças e adolescentes, e a Mostra Acessibilidade exibe curtas com descrições de áudio, legenda e libras. Ao todo, foram escolhidas 27 obras.

A Oficina “Introdução à Direção de Arte para Cinema”, ministrada por Carol Breviglieri, também irá fazer parte do festival. A curadoria foi feita por, Gustavo Vinagre, Vanessa Goveia, Raphael Gustavo da Silva e Flavia Candida e o realizador do evento é o goiano Cássio Domingos.

Confira a lista dos filmes:

Mostra Ruptura

La Taza Rota, Esteban Cabezas

O Melhor Lugar do Mundo é Agora, de Carlos Alberto Ciocler

Trem do Soul, de Clementino Júnior

Territórios de Resistência – Florestanias, Sertanias e Ribeirias, de Maria Thais Lima Santos e Yghor Boy Carlos de Lacerda

Office, de Marine Pichon

Passage, de Ann Oren

 Antiquíssimo, de Laura de Freitas Oliveira

Por Dentro, de Gustavo Silvestre e Larry Machado

Dois garotos que se afastaram demais do Sol, de Cibele Appes de Sousa Coelho e Lucelia Sérgio da Conceição

Abdução, de Marcelo Lin e Marcelo José Ferreira Gomes

Futuros Amantes, de Jessika Goulart

Mostra Origens

Bento, de Robney B. Almeida

Vento Seco, de Daniel Nolasco

Primavera Púrpura, de Silvana Beline

Capim-Navalha, de Michel Queiroz

Três Vidas, Uma História, de Arthur Cintra

Tic Tac, de Luara Moraes Leão

Quando Você Está Aqui, de Victor Vinícius do Carmo

Em Busca, de Netto Mello

A Última Valsa, de André Srur

Mostra Infantil

Meu Nome é Maalum, de Luísa Copetti

A Melhor Versão de Mim, de Kallyo Aquiles

Ewé de Òsányìn: O Segredo das Folhas, de Pâmela Peregrino

Mostra Acessibilidade

Quatro Bilhões de Infinitos, de Marco Antonio Pereira

Serrado, de Cezar Filho

Caso Aparte, de Bruno Ciancaglini

O Banho, de Ricardo Gonçalves

Compartilhe: