Inflação em Goiânia já cresceu 12% em um ano; alimentação e moradia tiveram as maiores variações

A inflação preocupa em vários setores da economia. O feijão carioca teve um incrível aumento superior a 50% só em 2022. As

Postado em: 08-07-2022 às 15h05
Por: Lorenzo Barreto
O feijão carioca teve um incrível aumento superior a 50% só em 2022

A inflação preocupa em vários setores da economia. O feijão carioca teve um incrível aumento superior a 50% só em 2022. As passagens aéreas subiram pela terceira vez seguida e já acumulam aumento de 114,03% nos últimos 12 meses. Em Goiás, custo médio do metro quadrado aumentou novamente e já acumula alta de 10,04% no ano.

De acordo com o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), divulgado na manhã de sexta-feira (8) pelo IBGE, a inflação atingiu 0,51% no mês de junho em Goiânia. Em comparação ao mês de maio, que registrou inflação de 37%, ocorreu uma alta de 14% no mês de junho.

Em alimentação e bebidas, outros itens que tiveram alta de preço foram o leite longa vida (10,72%) e o feijão-carioca (9,74%). Com isso, os alimentos para consumo no domicílio subiram 0,63%. Mas também houve queda em itens importantes desse grupo, como a cenoura, cujos preços já haviam caído em maio (-24,07%) e continuaram recuando em junho (-23,36%). 

Continua após a publicidade

Moradia

A boa notícia é que nesse mês de junho teve uma queda de 0,39%, a maior diminuição entre todos os subitens, entretanto, segue sendo o segundo com maior variação nos últimos 12 meses.

Veja Também