Brasil terá o dobro de milionários em 2026, segundo pesquisa

A expectativa é que esse total suba de 266 mil em 2021 para 572 mil.

Postado em: 20-09-2022 às 16h59
Por: Lorenzo Barreto
Segundo o banco suíço, em 2026, haverá mais de 87,5 milhões de pessoas com pelo menos US$ 1 milhão em riqueza, acima dos 62,5 milhões em 2021. | Foto/Reprodução

De acordo com relatório feito pelo banco Credit Suisse, divulgado nesta terça-feira (20/9) o número de milionários no Brasil vai dobrar até 2026. A expectativa é que esse total suba de 266 mil em 2021 para 572 mil.

Confira total de milionários nos países:

Estados Unidos
Em 2021: 24,5 milhões
Expectativa em 2026: 27,7 milhões

Continua após a publicidade

Japão
Em 2021: 3,4 milhões
Expectativa em 2026: 4,8 milhões

Reino Unido
Em 2021: 2,8 milhões
Expectativa em 2026: 4,7 milhões

França
Em 2021: 2,8 milhões
Expectativa em 2026: 3,9 milhões

Alemanha
Em 2021: 2,7 milhões
Expectativa em 2026: 3,4 milhões

Canadá
Em 2021: 2,3 milhões
Expectativa em 2026: 3,4 milhões

Austrália
Em 2021: 2,2 milhões
Expectativa em 2026: 2,9 milhões

Itália
Em 2021: 1,4 milhão
Expectativa em 2026: 1,7 milhão

Coreia
Em 2021: 1,3 milhão
Expectativa em 2026: 2,1 milhões

No mundo todo, a previsão é de um aumento de 40% nos próximos cinco anos, mesmo com um cenário desfavorável, com as taxas de inflação crescentes e a guerra da Ucrânia. Enquanto as 500 pessoas mais ricas do mundo perderam US$ 1,4 trilhão em fortuna acumulada na primeira metade do ano, o Credit Suisse vê uma rápida recuperação, especialmente para os mercados em desenvolvimento. O grupo em questão representa 1,2% dos indivíduos adultos no mundo e concentra 47,8% da riqueza mundial.

Segundo o banco suíço, em 2026, haverá mais de 87,5 milhões de pessoas com pelo menos US$ 1 milhão em riqueza, acima dos 62,5 milhões em 2021. Países com economias emergentes, como China, Brasil e Índia, terão um crescimento mais rápido das populações milionárias.

Veja Também