‘Abriu o olho e deu uma piscada’: Idosa acorda durante o próprio velório e assusta família em Mato Grosso

Postado em: 13-10-2021 às 18h07
Por: Alice Orth
"Metade correu do velório e a metade correu para ver se dona Caluzinha estava mesmo viva”, contou Ataíde Arco Verde. | Foto: Reprodução

Após oito horas de velório, a família de Carolina Lopes de Almeida, de 93 anos, levou um susto. A idosa acordou dentro do caixão, em Guiratinga, interior do Mato Grosso. Um dos presentes notou que dona Caluzinha, como é chamada, parecia estar com a temperatura elevada. Um médico foi chamado ao local.

“Oito horas depois do velório rolando, dona Caluzinha está quente. Aí alguém olha para dona Caluzinha, eis que ela abre o olho e dá uma piscada. Bom, nem preciso falar para vocês, a metade correu do velório e a metade correu para ver se dona Caluzinha estava mesmo viva”, contou o ator e comediante Ataíde Arco Verde, morador da cidade.

Ela foi encaminhada ao Hospital Municipal Oswaldo Cruz, mas apesar de receber manobras de ressuscitação, ela não recobrou consciência e foi novamente dada como morta. A idosa foi sepultada no domingo (09/10). Os familiares lamentaram que ela tenha sido preparada para o enterro, acreditando que ela poderia ter sido resgatada caso tivesse recebido socorro. Ela tinha mal de Alzheimer há cerca de 20 anos e sua saúde estava debilitada.

Segundo relatos dos trabalhadores da funerária, eles chegaram a notar movimentos leves no corpo durante os procedimentos, mas haviam concluído se tratar espasmos que podem ocorrer em cadáveres algumas horas após a morte.

Compartilhe: