Avião cai nos Estados Unidos e 21 passageiros conseguem sobreviver; entenda

Segundo Mary Schiavo, antiga inspetora geral do Departamento de Transportes dos Estados Unidos, casos como esse não são tão raros

Postado em: 25-10-2021 às 15h17
Por: Maria Paula Borges
Segundo Mary Schiavo, antiga inspetora geral do Departamento de Transportes dos Estados Unidos, casos como esse não são tão raros | Foto: Reprodução

Um avião que levava fãs de beisebol para um jogo caiu em Houston, Texas. O acidente aconteceu na última terça-feira (19/10) e todos saíram salvos. Conforme relatos, um passageiro lembrou-se de ouvir as palavras “saiam, saiam!”, quando as chamas começaram a tomar a aeronave. O passageiro, que não quis se identificar, informou à KHOU, afiliada da CNN, afirmou que o avião já estava pegando fogo antes que todos saíssem da aeronave.

As 21 pessoas a bordo conseguiram sair do avião com sucesso, e nenhum passageiro ficou seriamente ferido. De acordo com uma analista de aviação da CNN e antiga inspetora geral do Departamento de Transportes dos Estados Unidos, Mary Schiavo, as aeronaves modernas são designadas para que os passageiros consigam sair delas em 90 segundos.

“Preciso dar crédito tanto para a Administração Federal de Aviação e para a Organização Internacional de Aviação Civil, que colocaram entre as regras de evacuação que é preciso ter saídas de emergência em quantidade adequada para que as pessoas possam evacuar do avião. E isso comprovadamente já salvou milhares de vidas”, afirmou.

Continua após a publicidade

Schiavo lembrou de voos que sofreram situações similares. Como por exemplo o voo da Aeromexico que caiu em 2018 logo após a decolagem de um aeroporto no noroeste mexicano, forçando 103 passageiros a saírem pelas saídas de emergência antes de a aeronave ser tomada por fogo, salvando todas as pessoas a bordo.

A Administração Federal de Aviação requer que os comissários demonstrem que todos podem evacuar da aeronave em até 90 segundos. A demonstração deve ser feita a todos os passageiros e membros da equipe, por meio de simulações ao vivo ou vídeos gravados.

Veja Também