Médica paranaense é afastada do cargo após xingar paciente em rede social; veja a repercussão na internet

Postado em: 24-05-2022 às 19h08
Por: Ana Bárbara Quêtto
Médica de Almirante Tamandaré (PR) é afastada depois de xingar paciente em rede social. | Foto: Arquivo pessoal.

Uma postagem feita pela médica Mariana de Lima Alves, no último sábado (21/5), xingando um paciente – não identificado – que foi ao pronto socorro de madrugada, viralizou nas redes sociais. A Prefeitura Municipal de Almirante Tamandaré, na região metropolitana de Curitiba, informou que Mariana foi afastada do cargo, após ser exposta pelas reclamações.

Nesta segunda-feira (23/5), o Conselho Regional de Medicina do Paraná (CRM-PR) abriu abriu sindicância para apurar o comportamento da médica. De acordo com seu cadastro, a mulher mora em Curitiba e está inscrita na autarquia desde setembro de 2021

Por meio de nota, a Prefeitura conta que a doutora é contratada por uma empresa terceirizada e realizava plantões todas às terças-feiras na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade. Além disso, também declarou que, segundo colegas de trabalho, a conduta da médica é diferente das publicações.

“Mas, devido ao fato, está suspensa das atividades de atendimento na UPA 24h deste município, até que tudo seja esclarecido. Se comprovada conduta irresponsável, que fere os princípios éticos do exercício da profissão, a mesma será desligada da equipe de plantonistas.”, reforçou.

Repercussão

Depois de viralizar com a mensagem criticando o paciente, os internautas começaram a denunciá-la ao CRM-PR, por violação do código de medicina. Não só isso, como também localizaram e expuseram outras ofensas antigas da médica à pacientes.

Compartilhe: