Correios passará a solicitar CPF do remetente para envio de encomendas

O objetivo da medida dos correios é dar mais segurança por meio da rastreabilidade de encomendas pelo número do CPF

Postado em: 14-07-2022 às 10h21
Por: Alexandre Paes
O objetivo da medida dos correios é dar mais segurança por meio da rastreabilidade de encomendas pelo número do CPF | Foto: Reprodução

A partir de do dia 1º de setembro as pessoas que forem enviar encomendas pelos Correios deverão colocar seus dados de CPF, CNPJ ou passaporte (no caso de estrangeiros) para conseguir postar os pacotes. O objetivo da medida dos correios é dar mais segurança por meio da rastreabilidade de encomendas pelo número do CPF.

Caso a informação não esteja presente, o objeto não será enviado, devido a uma medida de segurança ao destinatário e remetente. A exigência valerá para todas as postagens, independentemente se o pagamento for à vista ou a faturar. Quem quiser agilizar o processo basta preencher todos os dados por meio dos sistemas de pré-postagem no site dos Correios.

Nas postagens de encomendas destinadas aos lockers dos Correios e Clique e Retire, além das informações do remetente devem constar as seguintes informações do destinatário: CPF, CNPJ ou passaporte (no caso de estrangeiros) e do telefone celular ou e-mail.

Veja Também