Atualização de CadÚnico é prorrogado e famílias terão maior prazo para inscreverem no Auxílio Brasil

O prazo estava programado até o dia 10 de junho, entretanto, após uma instabilidade na "averiguação cadastral", as pessoas podem atualizar os cadastros até o dia 12 de agosto.

Postado em: 14-07-2022 às 12h54
Por: Victória Vieira
As famílias podem atualizar os cadastros até o dia 12 de agosto | Foto: Reprodução

Nesta quinta-feira (14/7), o Governo Federal anunciou a prorrogação para a atualização do Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico). Agora, as famílias terão um maior intervalo para realizar a inscrição ao Auxílio Brasil.

O prazo estava programado até o dia 10 de junho, entretanto, devido a uma instabilidade na “averiguação cadastral”, as famílias podem atualizar os cadastros até o dia 12 de agosto.

Somente neste ano, 2,7 milhões de famílias aguardam na fila de espera para Auxílio Brasil e cerca de 8 milhões terão os dados atualizados, pois caso não seja feito, elas correm o risco de ter os benefícios federais cortados.

Continua após a publicidade

Para ter acesso aos benefícios básicos como o BPC (Benefício de Prestação Continuada) e à Tarifa Social de Energia Elétrica, é necessário que o cadastro esteja com informações atuais e verídicas.

A situação é diferente para as famílias que permanecem em “revisão cadastral”. Elas terão até 14 de outubro, valendo até mesmo para aqueles que estão há dois anos sem atualizar os dados pessoais.

A atualização desse ano é voltada para famílias que realizaram a última revisão nos anos de 2016 e 2017. De acordo com o Ministério da Cidadania, as pessoas convocadas para averiguação e revisão de dados devem procurar um CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) ou um posto de atendimento do Cadastro Único do município.

Veja Também