Cientista da OMS alerta sobre Ômicron ser muito transmissível, mas não é necessário pânico

Postado em: 03-12-2021 às 14h50
Por: Almeida Mariano
O ideal é que a população continue sendo cautelosa e vacinada | Foto: Reprodução

A cientista-chefe da Organização Mundial da Saúde (OMS), Soumya Swaminathan, informou que apesar da nova variante Ômicron do coronavírus ser muito transmissível, as pessoas não devem entrar em pânico. A cientista afirma que o ideal a se fazer é estar preparado e ser cauteloso.

“Até que ponto devemos ficar preocupados? Precisamos estar preparados e cautelosos, não entrar em pânico, porque estamos em uma situação diferente de um ano atrás”, disse Swaminathan.

Mesmo com muita coisa desconhecida sobre a Ômicron, o mundo está muito mais bem preparado devido ao desenvolvimento de vacinas desde o início da pandemia. A cientista disse que ainda é muito cedo para tirar conclusões sobre o real impacto da nova variante.

A OMS afirmou que as restrições às viagens podem atrasar a disseminação da variante, mas não são a resposta por si só. Assim, foi solicitado aos países que aumentem a capacidade de seus sistemas de saúde e vacinem suas populações para combater o aumento de casos de covid-19 causados ​​pela Ômicron.

Compartilhe: