Sexta-feira, 03 de fevereiro de 2023

Após ser flagrado no Catar, Eduardo Bolsonaro diz que foi levar pen drives sobre o Brasil

O deputado foi flagrado na transmissão oficial da FIFA tirando fotos durante o intervalo da partida entre Brasil e Suíça

Postado em: 29-11-2022 às 17h29
Por: Luan Monteiro
O deputado foi flagrado na transmissão oficial da FIFA tirando fotos durante o intervalo da partida entre Brasil e Suíça | Foto: Reprodução

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PL-SP), filho do presidente Jair Bolsonaro, gravou um vídeo para explicar sua ida ao Catar durante a Copa do Mundo. Segundo Eduardo, a viagem ocorreu para que ele pudesse levar vídeos, em pen drives, “explicando a situação do Brasil”.

O deputado foi flagrado na transmissão oficial da FIFA tirando fotos durante o intervalo da partida entre Brasil e Suíça na última segunda-feira (28/11). Após o momento viralizar, ele foi amplamente criticado por bolsonaristas que protestam contra o resultado das eleições na frente de quartéis do Exército.

“Nesses pen drives aqui têm vídeos, em inglês, explicando a situação do Brasil. Eu espero que você não creia que aqui no Qatar só se fale em copa do mundo. Só para lembrar para você que a Fifa tem mais membros do que as Nações Unidas. A imprensa inteira está aqui. É por isso que a esquerda faz tanto esforço e até projeto de lei para criminalizar quem fale algumas verdades na cara, né, de outros brasileiros que têm esperança de voltar às tetas da Lei Rouanet e etc”, disse no vídeo.

Continua após a publicidade

Ele, também, ataca a esquerda após a vitória do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Ele não dá detalhes sobre a “situação do Brasil” relatada nos vídeos.

“E outra coisa, toma cuidado. A esquerda não está preocupada com a tua segurança, nem com a economia. Então, por que você vai cerrar fileira com esses caras? Será que você não consegue imaginar um pouquinho do que está por trás disso? Será que você não consegue perceber a importância da comunicação internacional? Será que a gente vai ter que perder um dos pouquíssimos acessos que nós temos?”, prosseguiu.

Ele finalizou falando sobre a reportagem sobre a Copa do Mundo, que mostra sua presença no jogo do Brasil. “Pensa um pouquinho sobre isso, tá? Antes de bater palma porque eu apareci no Jornal Nacional, beleza? Um abraço a vocês, fiquem com Deus. Seguimos”, completa.

Eduardo Bolsonaro estava acompanhado de sua esposa, Heloísa Bolsonaro. Além deles, o ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira (PP), foi ao Catar. O ministro não pediu licença do cargo para viajar, segundo informações do Estadão.

Assista:

Veja Também