Vanderlan defende senador do dinheiro na cueca em grupo de aplicativo, afirma jornal

Postado em: 16-10-2020 às 11h40
“Não tem nada que desabone Chico Rodrigues”, teria afirmado no áudio o goiano, segundo o Estado de S. Paulo | Foto: Reprodução.

Nielton Soares

O senador e pré-candidato a
prefeito de Goiânia, Vanderlan Cardoso (PSD), tem suposto áudio de grupo de um
aplicativo de mensagem defendendo o senador Chico Rodrigues (DEM): o político
do dinheiro na cueca. As mensagens foram divulgadas pelo jornal o Estado de S.
Paulo, nesta sexta-feira (16).

De acordo com o jornal, Vanderlan
disse no áudio que: “Não tem nada que desabone Chico Rodrigues. Espero que o
Davi realmente tome providências e dê amparo legal ao nosso amigo e
companheiro”.

Rodrigues foi flagrado com mais
de R$ 30 mil em espécie nas nádegas, segundo a Polícia Federal de Roraima, que
realizou a apreensão na casa do senador, na última quarta-feira (14). O senador
é ex-vice-líder do governo Bolsonaro no Senado.

O político recebeu apoio dos
pares após decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto
Barroso, de afastá-lo do cargo de senador. E, dentre os parlamentares estaria
Vanderlan.

Resposta

A assessoria do senador, por meio
de nota, informou que: “Vanderlan defende a instituição Senado e o direito de
defesa de todo mundo”. E, acrescentou: “A decisão monocrática do ministro do
STF fere a instituição e as garantias constitucionais. Apenas uma decisão
plenária, como prevê a nossa Constituição, pode afastar um parlamentar.
Qualquer conduta irregular do senador Chico Rodrigues deve ser analisada pelo
Conselho de Ética da Casa e, se comprovada dentro do processo legal,
devidamente punida”.

 

Por: Nielton Soares
Compartilhe: