Ar-condicionado inteligente: entenda sistema de ventilação utilizado nos estádios do Catar

Durante o período em que a Copa é realizada tradicionalmente, Junho e julho, as temperaturas no país podem passar os 50ºC

Postado em: 22-11-2022 às 16h14
Por: Cecília Epifânio
Durante o período em que a Copa é realizada tradicionalmente, Junho e julho, as temperaturas no país podem passar os 50ºC. | Foto: Reproducão/ GE

A escolha do Catar como sede da Copa do Mundo 2022 foi duramente criticada por conta do clima extrrmamente quente, que poderia dificultar a realização do evento. Durante o período em que a Copa é realizada tradicionalmente, Junho e julho, as temperaturas no país podem passar os 50ºC.

Por isso, os organizadores do evento prometeram a construção de um sistema de ar-condicionado nos estádios. A tecnologia passou a ser desenvolvida em 2009, quando o país lançou a candidatura para sediar a Copa do Mundo.

Segundo os organizadores, o diferenciais da tecnologia são:

Continua após a publicidade

  • Ar-condicionado localizado;
  • Ventilação integrada ao desing;
  • Mais eficiência e sustentável;
  • Pode ser utilizado em ambientes abertos.

Ar condicionado localizado

A tecnologia de esfriamento opera de acordo com o design, formato e funcionalidade de cada um dos sete estádios-sede da Copa que terão a novidade.

Apesar da diferença entre os estádios, o sistema tem como objetivo a criação de “bolhas de resfriamento” localizadas nas áreas dos torcedores, jogadores e campo. A meta é deixar essas áreas com temperaturas entre 18ºC e 24ºC.

Para o público, são colodados canais de ar frio embaixo de cada um dos assentos. Para os jogadores e o gramado, os tubos atirarão ar frio pela parte lateral do campo. Em ambos os casos, os dutos não miram diretamente nas pessoas .

O desenvolvedor da tecnologia, Saud Gani, explicou que o sistema foi desenvolvido para o ar passar por você “criando uma microbolha climática”.

O único estádio que não contará com o sistema de ventilacão é o 974, a primeira arena completamente desmontável em Copas do Mundo.

O desing

O desing é focado em isolamento térmico, com estruturas que rebatem o calor da luz solar.

Um ponto importante é a circulacão de ar. Algumas arenas utilizarão a renovação do ar que vem de fora, como é o caso do Estádio Internacional Khalifa. Já o Al Janoub reutilizará o próprio ar resfriado durante o jogo.

Sustentabilidade

Por possuir uma ventilacão direcionada, os organizadores afirmam que o sistema pode ser ativado duas horas antes do início dos jogos e é 40% mais sustentável que as tecnologias utilizadas atualmente.

Todo esse sistema de energia nos estádios será alimentado por uma fazenda de energia solar no deserto ao redor da capital do Catar, Doha, a cerca de 50 km de distância dos estádios.

Essa medida faz parte da promessa do Catar em realizar jogos com emissão zero de gasas estufa.

Com 10 km de extensão, a fazenda de energia solar tem como meta compensar metade do total das emissões de carbono da Copa do Mundo.

Veja Também