Mãe mata a filha de três anos e coloca a culpa no Bob Esponja pelo crime; relembre o acontecido

Segundo o relato de Justine, que era usuária de heroína, ela havia escutado o personagem Bob Esponja a mandar matar a garota, ou ela seria morta no lugar.

Postado em: 24-02-2022 às 17h12
Por: Eduarda Albuquerque
A legista encarregada do caso comprovou que a criança de três anos sofreu golpes com diversas facadas no pescoço, peito e abdômen | Foto: Reprodução

No dia 16 de setembro de 2021, Justine Johnson (22) matou a sua filha de três anos, Sotton Mosser, a facadas. Segundo o relato de Justine, que era usuária de heroína, ela havia escutado o personagem Bob Esponja a mandar matar a garota, ou ela seria morta no lugar.

Desse modo, Justine está sendo julgada por homicídio qualificado, abuso infantil e ocultação de cadáver. Após ter cometido o crime, ela escondeu o corpo da criança em sua garagem dentro de um saco de lixo. O corpo da criança foi encontrado por um dos irmãos de Justine. O irmão não teve seu nome divulgado por ser menor de idade.

Segundo o relato que o menor deu para a polícia, ele encontrou um pé saindo de um saco de lixo na garagem de casa. O jovem alegou e confirmou para a polícia que, antes de encontrar o cadáver, viu sua irmã se drogando no banheiro.

Continua após a publicidade

A legista encarregada do caso comprovou que a criança de três anos sofreu golpes com diversas facadas no pescoço, peito e abdômen. Segundo o investigador do caso, Ryan Eberlyne, que foi o primeiro a escutar o depoimento da assassina e mãe da criança, Justine chorou e demonstrou arrependimento.

“Ela me disse que não se lembrava dos detalhes do momento da situação que aconteceu com Sotton, que ela estava tendo alucinações devido à abstinência de heroína e não dormia havia aproximadamente duas semanas”, expôs Eberline.

“Ela estava tendo alucinações da TV que a instruiu a tirar a vida de sua filha ou eles a matariam. Foi Bob Esponja que estava dizendo essas coisas na TV. Se ela não fizesse o que fez com a filha, eles a matariam. Ela disse temer por sua vida e tinha enlouquecido”.

Veja Também