Diretora é esfaqueada por aluno de 16 anos na frente da escola no interior de São Paulo

Inicialmente os alunos pensaram que o ferido era o garoto pelo histórico de automutilação

Postado em: 28-02-2022 às 17h15
Por: Cecília Sampaio
Inicialmente os alunos pensaram que o ferido era o garoto pelo histórico de automutilação | Foto: reprodução

Na última terça-feira (22/02) a diretora do colégio Ângelo Barros de Araújo em Caraguatatuba, São Paulo, foi esfaqueada por um aluno. O ataque aconteceu no final da aula do último turno, enquanto ela abria o portão para a saída dos alunos ela foi golpeada no abdômen, braço e perna.

Os alunos da instituição foram socorre-la imediatamente e chamaram socorro. Não se sabe o atual quadro da vítima, mas ela passou por uma cirurgia e foi transferida para um hospital em São José.

O aluno fugiu, mas foi apreendido. Ele disse que o que motivou o ataque foi a “quebra da confiança” a partir do momento em que a diretora chamou seus pais na escola para falar do aluno em questão. Ele têm histórico de automutilação e até o momento, pelo que foi dito pela polícia, ele não apresentou arrependimento.

Continua após a publicidade

O caso foi registrado como ato infracional correspondente a tentativa de homicídio. Ele vai permanecer detido e vai ser encaminhado à Fundação Casa.

Veja Também