Klara Castanho agradece o apoio que recebeu e volta as redes sociais: “Vivendo um dia após o outro”

A atriz, que vinha se mantendo distante, retornou ao instagram nesta terça-feira (2) e agradeceu pelo apoio e solidariedade recebidos nas últimas semanas.

Postado em: 03-08-2022 às 08h52
Por: Alexandre Paes
A atriz, que vinha se mantendo distante, retornou ao instagram nesta terça-feira (2) e agradeceu pelo apoio e solidariedade recebidos nas últimas semanas | Foto: Reprodução

A atriz Klara Castanho usou as redes sociais para agradecer “o amor, carinho, cuidado e acolhimento” que recebeu depois do vazamento de informações intimas sobre a violência sexual que sofreu, a gravidez em decorrência de um estupro e a posterior adoção da criança. A atriz, que vinha se mantendo distante, retornou ao instagram nesta terça-feira (2) e agradeceu pelo apoio e solidariedade recebidos nas últimas semanas.

“Oi, como vocês estão? Antes de mais nada queria agradecer todo amor, carinho, cuidado e acolhimento, que eu recebo e recebi. Quero agradecer a todo mundo que compartilhou a própria história. Estou voltando a trabalhar. Eu e minha família, a gente está se recuperando, recuperando a nossa força, a gente está vivendo um dia após o outro”, disse ela.

A atriz também afirmou que está retomando as redes sociais, que voltou a trabalhar e que ela e sua família estão se recuperando. Klara também disse que a personagem Angela, na segunda temporada da série ‘Bom dia, Verônica’, ganha trailer e data de estreia, é muito importante para ela. “Espero que a recebam, esperam que gostem”.

Continua após a publicidade

Entenda o caso de Klara Castanho

Tudo começou no dia 24 de maio, quando o jornalista Matheus Baldi disse em post nas redes sociais que Klara Castanho teria dado à luz a uma criança. O post foi apagado, a pedido da atriz. Cerca de um mês depois, a youtuber Antônia Fontenelle disse em uma live no YouTube, em tom agressivo e reprobatório, que “uma atriz de 21 anos teria engravidado e entregue o bebê para adoção”.

A atriz, por sua vez, publicou o que ela mesmo chamou de “o relato mais difícil” da sua vida. Na carta aberta que publicou no dia 25 de junho, Castanho afirmou ter sido estuprada e relatou que teve um bebê, fruto da violência sofrida por ela. Na carta, ela também conta que tomou a decisão de entregar o bebê para a adoção, passando por todos os trâmites legais.

Antonia expôs publicamente Klara, a respeito do processo cujo sigilo é garantido por lei, além de ter sugerido que a atriz teria cometido o crime de “abandono de incapaz”. Confira a carta aberta:

Veja Também