18 de outubro de 2017 - quarta-feira

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Cidades
Cidades
20/04/2017 | 06h00
Mais de 33 mil bocas de lobo foram limpas em 2016
Três mil toneladas de lixo foram retiradas dos bueiros de Goiânia

A prefeitura de Goiânia realizou a limpeza de mais de 33 mil bocas de lobo no ano passado. Entre os principais pontos de limpeza, estão as áreas de alagamento. No Parque Amazônia e a Vila são José, a Comurg realizou as operações em parceria com a Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos (Seinfra). As operações de limpeza são realizadas diariamente na capital. Mesmo com a limpeza, ainda assim a prefeitura encontra bocas de lobo entupidas. Segundo a Comurg, no ano passado e nos quatro primeiros meses deste ano, não houve alagamento em Goiânia. Com exceção, a chuva que inundou a Marginal Botafogo e fez que a caixa da avenida transbordasse. 

Em 2016, o órgão retirou aproximadamente três mil toneladas de lixo das bocas de lobo. A recomendação da pasta é que a população não jogue lixo na rua. Como opção, a Comurg sugere que os moradores coloquem lixeiras na porta de casa, para evitar o entupimento das bocas de lobo. 

Entre os materiais mais encontrados nos bueiros da capital estão moveis domésticos, resto de computadores e entulho. Mesmo com um caminhão com hidrojato, esse tipo de lixo dificulta a captação. O equipamento é utilizado para lixo de pequeno porte como areia. A Comurg também não dispensa o apoio da população em descartar o lixo de forma correta.

Tópicos:

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)