A PHP Error was encountered

Severity: Notice

Message: Use of undefined constant v - assumed 'v'

Filename: controllers/noticia.php

Line Number: 85

POLÍTICA - Ponto Biométrico deve voltar à pauta da Câmara na próxima semana
Quarta-feira, 13 de novembro de 2019
GOIÂNIA-GO
{{tempo.temperatura}}°

Política

Ponto Biométrico deve voltar à pauta da Câmara na próxima semana

Postado em: 09-11-2019 às 16h30
Vereador tenta aprovação do projeto que institui o ponto biométrico. Foto: Portal Câmara Municipal de Goiânia

Samuel Straioto

O polêmico projeto do Ponto Biométrico para vereadores na Câmara Municipal de Goiânia deve voltar à pauta na próxima semana. O presidente da Casa, Romário Policarpo (Patriota), explicou a reportagem do jornal O Hoje que independente mente de haver ou não condições políticas para aprovação da matéria, o texto será colocado em apreciação dos vereadores no plenário da Câmara, em primeira votação. Por outro lado, o autor da proposta, Paulo Magalhaes (PSD) trabalha para articular a aprovação da matéria.

Clima

Nos bastidores, a reportagem apurou que não há clima para aprovação da matéria. Os vereadores entendem que já há a verificação de quórum via biometria no plenário. Outro ponto ainda é que parlamentares avaliam que o exercício do mandato vai além da atividade em plenário.

O vereador Paulo Magalhães argumenta que há articulação na Câmara para que o projeto seja aprovado. O parlamentar diz que o vereador Clécio Alves (MDB) trabalha pela não aprovação da matéria. Clécio já disse publicamente na Câmara que é contra, e declarou que a questão “é um circo”.

“Eu não entendo essa resistência, até porque o Clécio é um vereador assíduo. Entretanto, apesar de ter ajudado a aprovar a redução das férias, ele é contra o ponto biométrico e eu não sei o motivo. Mas estou cumprindo meu papel. Saio dessa Casa em 2020 sabendo que fiz de tudo”, completou.

Romário Policarpo (Patriota) afirmou que a questão precisa ser consensual entre os vereadores. Policarpo avalia não ser necessário o ponto biométrico para os parlamentares, mas disse que é algo a ser avaliado na Casa pelos parlamentares.

“Essa é uma questão que tem que ser consensual de todos os vereadores. A minha opinião pessoal é que já fazemos cinco conferências de quórum, ela é um ponto biométrico, precisa essa regulamentação de algo que existe na Casa, a gente espera votar ainda neste mês”, declarou.

Quanto a articulação para aprovar a matéria, Romário Policarpo, disse que esta é uma questão que precisa ser trabalhada por Paulo Magalhaes. “Eu não posso falar pelos vereadores, é um trabalho que tem que ser feito pelo autor, havendo ou não clima para aprovação da matéria, nós iremos colocar este mês”, afirmou.

 

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar