Quarta-feira, 02 de dezembro de 2020
GOIÂNIA-GO
{{tempo.temperatura}}°

Política

Senador do dinheiro na cueca pede licença e filho assume mandato

Postado em: 20-10-2020 às 11h25
“Num ato de impulso, protegi o dinheiro do pagamento das pessoas que trabalham comigo”, contou Rodrigues aos colegas senadores | Foto: Reprodução.

Nielton Soares

O senador Chico Rodrigues (DEM-RR), flagrado pela Polícia Federal (PF) com mais de R$ 30 mil escondidos nas nádegas, solicitou licença do mandato na segunda-feira (19). Essa foi a solução encontrada pelo ex-vice-líder do governo Bolsonaro para não ser cassado.

Além de um pedido de afastamento que o senador possui no Supremo Tribunal Federal (STF), de relatoria do ministro Luís Roberto Barroso, o Conselho de Ética do Senado deve realizar um julgamento por quebra de decoro parlamentar. Com a possível saída dele, o mandato passará para o próprio filho, Pedro Arthur Rodrigues (DEM-RR).

Barroso já havia determinado o afastamento de Rodrigues por 90 dias. A decisão está marcada para ser apreciada nesta quarta-feira (21).

Dinheiro na cueca

Chico Rodrigues foi alvo de uma operação da PF na quarta-feira (14), em Boa Vista (RR) e tentou esconder o dinheiro na cueca, segundos os policiais. O processo sobre o caso está em segredo de Justiça.

É investigado se o dinheiro é fruto de desvios de recurso públicos, que deveriam ser utilizados no combate à pandemia de Covid-19. Provavelmente, oriundos de emendas parlamentares para a saúde.

A autorização de busca e apreensão foi autorizada pelo próprio ministro Barroso. Ao todo, foram apreendidos na residência do senador em torno de R$ 100 mil.

Dias após a apreensão, em mensagem aos colegas senadores, Rodrigues contou que o dinheiro seria para pagar funcionários. “Num ato de impulso, protegi o dinheiro do pagamento das pessoas que trabalham comigo”, disse.

 

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar