Professores denunciam diretor do Colégio Militar de BH por submeter alunos a maus-tratos

Postado em: 15-09-2021 às 09h55
Por: Victoria Lacerda
O texto acusa o militar de submeter os alunos a maus tratos e de não garantir o cumprimento das regras de combate a Covid-19. | Foto: Reprodução

Funcionários do Colégio Militar de Belo Horizonte divulgaram um manifesto contra o diretor da escola, o coronel de cavalaria Régis Rodrigues Nunes. O texto acusa o militar de submeter os alunos a maus tratos e de não garantir o cumprimento das regras de combate a Covid-19.

Os funcionários fizeram as fotos que, segundo eles, mostram os estudantes esperando atendimento médico na enfermaria do colégio na manhã da última quinta-feira (09/09), quando a cidade registrava um dia de sol e tempo seco.

Segundo relato de testemunhas ao G1, estudantes entre 11 e 18 anos permaneceram mais de três horas debaixo do sol forte. Muitos não resistiram ao calor e a baixa umidade, como conta uma aluna que não quer ser identificada.

“Estava muito seco e o sol estava cada vez mais quente. Então, muitos alunos acabaram passando mal porque a gente fica o tempo todo em pé fazendo sentido, escutando as orientações. Então foi desconfortável para muita gente, principalmente pros menores do sexto e sétimo ano”, disse.

Em nota, o Colégio Militar disse que a denúncia não é verdadeira. E que o comando “sempre se pautou pelo bem estar e pela integridade física dos alunos”.

Compartilhe: