TRE determina novas eleições em São Simão após cassação de prefeito acusado de pedofilia

Ainda não informações sobre como deve ocorrer o novo pleito.

Postado em: 10-11-2021 às 16h19
Por: Alice Orth
Ainda não informações sobre como deve ocorrer o novo pleito. | Foto: Reprodução

O Tribunal Regional Eleitoral de Goiás (TRE) determinou a realização de novas eleições em São Simão, município a 370 km da capital. O órgão atende a um pedido da Procuradoria Regional Eleitoral de Goiás (PRE).

O vice-presidente Fábio Capanema de Souza teve seu diploma cassado na última sexta-feira (05/11). O TRE concluiu que ele não poderia ter sido eleito, uma vez que estava com os direitos políticos suspensos por oito anos, em razão de condenação por improbidade administrativa.

Já o prefeito Francisco de Assis Peixoto (PSDB) foi afastado do cargo pela Câmara de Vereadores no dia 25 de outubro, denunciado pelo Ministério Público de Goiás (MPGO) pelos crimes de importunação sexual e tentativa de adquirir e distribuir pornografia infantil.

Continua após a publicidade

Ainda não informações sobre como deve ocorrer o novo pleito.

Veja Também