Suspeito de matar idosa durante assalto é morto em ação da PM, em Goiânia

Segundo a Polícia Militar, o suspeito tinha mais de 20 passagens policiais

Postado em: 23-09-2022 às 16h38
Por: Ana Bárbara Quêtto
Segundo a Polícia Militar, o suspeito tinha mais de 20 passagens policiais | Foto: Reprodução

O suspeito de matar uma comerciante, durante um assalto em uma loja, foi morto em meio a uma ação da Polícia Militar em Goiânia. O latrocínio ocorreu na quinta-feira (22/9), no Setor Vila Alpes.

Imagens de câmeras de segurança mostram Diego da Silva Oliveira, de 37 anos, olhando produtos dentro do comércio antes de atirar em Valdece Araújo Ferreira. Segundo a Polícia Militar, o suspeito tinha mais de 20 passagens policiais.

Apesar de uma força tarefa ter sido montada para localizá-lo e prendê-lo, Diego reagiu a tiros assim que foi encontrado em um hotel durante a noite.

Continua após a publicidade

“Indivíduo de altíssima periculosidade. Durante as diligências, o autor foi localizado na região central de Goiânia e resistiu violentamente a ação policial”, disse a PM.

De acordo com os militares, o Corpo de Bombeiros foi chamado para socorrer o homem, mas ele não resistiu e morreu ainda no local.

Leia também: Pai denuncia mãe da própria filha por injúria racial após atraso de pensão; “É mal de preto”

Câmeras de segurança

Filmagens do lugar, além de flagrarem a vítima, também registraram Diego mexendo nos produtos dentro do estabelecimento, atrás do caixa. Conforme a Polícia Civil, ao dar a voz de assalto, Valdece reagiu e acabou sendo esfaqueada.

“Foram múltiplos golpes com arma branca: na região do braço e tórax”, disse o policial Diogo Rodrigues ao G1.

Os parentes da idosa, de 73 anos, afirmam que ela não costumava ficar sozinha no comércio. Além disso, ela desejava fechar a loja e se aposentar, depois de 20 anos trabalhando com vendas.

Leia também: Bebê de 8 meses é encontrado morto, em Aparecida de Goiânia

Veja Também