Terceira edição dos Jogos Paralímpicos chega à São Paulo

Mais de 250 atletas competirão em sete modalidades no Centro de Treinamento Paralímpico, nos dias 10 e 11 de maio

Postado em: 05-05-2018 às 10h10
Por: Kamilla Lemes
Mais de 250 atletas competirão em sete modalidades no Centro de Treinamento Paralímpico, nos dias 10 e 11 de maio

O Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo, receberá nos dias 10 e 11 de maio a edição 2018 dos Jogos Paralímpicos Universitários. O evento terá atletas universitários de todo o Brasil, de sete modalidades: atletismo, natação, bocha, judô, parabadminton, tênis de mesa e tênis em cadeira de rodas.

Ao todo, 252 competidores estão confirmados, com cerca de 200 instituições de ensinos representadas. Vale ressaltar que a pontuação para determinar o vencedor geral do evento se dará por universidade. Os números mostram um crescimento em relação ao ano passado. Em 2017, 192 alunos-atletas estiveram nas dependências do CT Paralímpico para a disputa da competição. A edição de estreia do evento, em dezembro de 2016, contou com cerca de 150 inscritos. 

Continua após a publicidade

“Os Jogos Paralímpicos Universitários estão consolidando uma área que estava um pouco apagada. Havia as Paralimpíadas Escolares e o alto rendimento, mas não havia o trabalho no esporte adaptado universitário. Então são nichos de oportunidade que nós podemos fortalecer e aumentar. Hoje a ideia é de que o Comitê preencha este caminho e dê a oportunidade de que o garoto saía do Escolar, passe pela universidade, vá ao alto rendimento, mas não tenha prejuízo da carreira dele de formação”, disse Ivaldo Brandão, vice-presidente do Comitê Paralímpico Brasileiro. 

Uma mudança em relação ao evento do ano passado refere-se ao número de modalidades nas quais os alunos podem se inscrever. Em 2017, havia a possibilidade de participar de mais de uma modalidade. Neste ano, contudo, o participante poderá inscrever-se em apenas um esporte. 

A competição será organizada pelo Comitê Paralímpico Brasileiro, em parceria com a Confederação Brasileira do Desporto Universitário (CBDU) e o Ministério do Esporte, com apoio do Governo do Estado de São Paulo e do Conselho Federal de Educação Física (CONFEF).

Credenciamento de imprensa

Os jornalistas interessados na cobertura dos Jogos Paralímpicos Universitários não precisarão de credenciamento prévio. Bastará vir ao CT Paralímpico e procurar a sala de imprensa, localizada próximo às quadras de tênis.  

Veja Também