Cachoeira do Poço Azul no Distrito Federal atrai vários visitantes durante os dias de calor

Rafael Silva, um apaixonado por viagens, visitou o complexo e fez um belo registro da Cachoeira Véu de Noiva

Postado em: 29-09-2021 às 09h26
Por: Lanna Oliveira
Rafael Silva, um apaixonado por viagens, visitou o complexo e fez um belo registro da Cachoeira Véu de Noiva | Foto: Rafael Silva

Goiás tem passado por dias de muito calor, o que não é novidade, já que esse clima acompanha os goianos na maioria dos meses do ano. Um clima convidativo para passeios ao ar livre, beira rio ou em uma bela cachoeira, quem sabe?! Com um entorno que favorece o contato com a natureza, o Estado oferece muitos destinos que contam com uma beleza descomunal, mas sem dúvidas um dos mais procurados é o Poço Azul em Brazlândia. O lugar conta ainda com uma caverna inundada, que torna a visita mais emocionante e bela.

Uma das cachoeiras mais conhecidas do DF, a Cachoeira Poço Azul está localizada a 45km do centro de Brasília em direção a Brazlândia. Muito popular, durante os fins de semana, uma multidão saída de todos os cantos de várias cidades vão ao local em busca de um pedacinho de terra próximo à cachoeira. Ali, montam grandes piqueniques, que podem ter até mesmo grelha para churrasco, isopores cheio de bebidas alcoólicas e marmitas. Isso é possível porque até pouco tempo o local não possui suporte para o visitante.

A cachoeira está localizada em uma propriedade particular na cabeceira do vale do córrego Poço Azul, na Chapada da Contagem. Atualmente não há produção, mas já predominou a pecuária extensiva que deixou rastros pelos vales e altos da chapada. A propriedade cobra uma taxa de acesso que possui valores diferenciados de acordo com o veículo e sua capacidade. A organização promove uma política de incentivo oferecendo um desconto de R$ 5 para os veículos que trouxerem o lixo de volta.

Continua após a publicidade

Hoje, a cachoeira que fica próxima do Parque Nacional de Brasília, é um lugar com trilhas incríveis que acompanha outras oito cachoeiras paradisíacas, piscinas naturais que oferece espaços para meditação, Centro de Educação Ambiental e muito mais. Por situar-se em relevo de chapada, os córregos e pequenos afluentes formam belas paisagens entremeadas entre os interflúvios, com matas ciliares se destacando diante dos grandes campos de cerrado que envolve toda a região do vale do rio da Palma.

O local é constituído por elementos naturais que se encaixam perfeitamente: água cristalina e gelada, rochas que circundam e abraçam grandes piscinas naturais, a vegetação que acompanha a harmonia e até mesmo o céu, que é sempre deslumbrante. Infelizmente, durante os anos 70, ações de grileiros e o desmatamento desenfreado prejudicou a natureza nos arredores e forçou que a Secretaria do Meio Ambiente tomasse medidas para preservação, como por exemplo, o controle da visitação e a promoção do Poço Azul como Monumento Natural Protegido.

Para chegar siga para a saída de Brasília, sentido Sobradinho. Ao chegar no balão do Colorado, vire a esquerda, sentido Brazlândia. Siga pela DF 001, sentido Lago Oeste. Quando o asfalto acabar, siga por mais 10 km pela estrada de terra e uma placa indicará a entrada. Chegando à portaria, você pode seguir em direção as trilhas, mas as condições de acesso com o carro podem não estar das melhores. O pessoal da portaria aconselha a deixar o carro lá. Mas uma caminhada em meio à natureza não faz mal a ninguém.

Além da Cachoeira Poço Azul

Um dos locais mais belos e elevados do Distrito Federal, a Chapada da Contagem é uma Área de Preservação Permanente, que protege as nascentes de diversos rios e córregos, como o ribeirão da Contagem e o córrego Paranoazinho, que fornecem água para a população de Sobradinho (DF), e apresenta grande importância ecológica, protegendo nove diferentes fitofisionomias do cerrado: matas de galeria, cerrado típico, cerrado ralo, cerrado rupestre, vereda, campo sujo seco, campo sujo úmido, campo limpo seco e campo limpo úmido.

Tem ainda importância histórica e arqueológica, pois a Rebio da Contagem abriga um sítio histórico, conhecido como Contagem de São João das Três Barras, estabelecimento fiscal da coroa portuguesa, instalado no local em 1736, no qual convergia o fluxo das minas de Tocantins e Goiás com destino a Minas Gerais. A Reserva da Contagem faz parte de um corredor ecológico entre o Parque Nacional de Brasília e a Bacia do Rio Maranhão, garantindo a ligação desta importante unidade de conservação com a bacia amazônica. A Chapada da Contagem reúne, em uma paisagem exuberante, uma ampla gama de atrativos, desde hospedagens, trilhas e cachoeiras, a restaurantes com tempero do Cerrado. O destino é imperdível para os praticantes de ecoturismo. O complexo conta, além do Poço Azul, com a Cachoeira Cascata, Garganta do Diabo, Véu da Noiva, Vida, Rib. Poço Azul, Rio da Palma e a Cachoeira mãe. Cada uma com sua trilha com diferentes níveis de dificuldade. No entanto, o esforço é recompensado pelos deliciosos mergulhos dados pelo caminho.

Veja Também