Após ataque hacker, aplicativo ConecteSUS completa 12 dias fora do ar

Importante ressaltar que o ConecteSUS reúne informações do histórico clínico dos pacientes.

Postado em: 22-12-2021 às 12h42
Por: Victoria Lacerda
Importante ressaltar que o ConecteSUS reúne informações do histórico clínico dos pacientes. | Foto: Reprodução/Internet

Parte dos sistemas do Ministério da Saúde continua fora do ar pelo 12º dia após o ataque hacker na madrugada de sexta-feira (10/12). Os integrantes da pasta estimam que o aplicativo, que reúne dados clínicos de pacientes, deve ser reativado até esta quinta-feira (23).

Importante ressaltar que o ConecteSUS reúne informações do histórico clínico dos pacientes, como vacinas recebidas, medicamentos dispensados e exames realizados. 

“Fomos vítimas de um ataque hacker, são criminosos. Estamos trabalhando fortemente, dia a dia, para retornar o ConecteSUS. Eu não quero aqui cravar, porque eu já falei que voltaria na semana passada, mas sofremos um ataque hacker um pouco depois”, avisou Queiroga no início da semana.

Continua após a publicidade

Em nota concedida ao Metrópoles, o Ministério da Saúde confirmou os sistemas afetados pelo ataque e o andamento da retomada de cada serviço.

Confira nota na íntegra: 

“O Ministério da Saúde informa que o Sistema de Informação da Vigilância Epidemiológica da Gripe (SIVEP-Gripe), o sistema de registro E-SUS Notifica e o Sistema de Regulação (Sisreg) foram restabelecidos.

A Pasta ressalta que está trabalhando para retornar os sistemas Conecte SUS, e- SUS Notifica, SI-PNI, Localiza SUS e OpenDatasus com a maior brevidade possível.”

Veja Também