Consulta do saque extra do FGTS é liberada; confira como verificar o valor à receber

Para ter acesso aos dados, o cidadão que já tem o app FGTS deve fazer a atualização. Quem ainda não possuiu o aplicativo pode baixá-lo na App Store ou Google Play Store

Postado em: 08-04-2022 às 10h28
Por: Alexandre Paes
Para ter acesso aos dados, o cidadão que já tem o app FGTS deve fazer a atualização. Quem ainda não possuiu o aplicativo pode baixá-lo na App Store ou Google Play Store | Foto: MARÍLIA BANHOLZER/JC

Os trabalhadores com saldo na conta do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) poderão consultar, a partir desta sexta-feira (8/4), no site e no aplicativo, quanto vão receber no saque extraordinário de até R$ 1.000, que será liberado pela Caixa Econômica Federal em 2022. Também será possível saber a data do depósito e como será o crédito dos valores.

Ainda nesta manhã, por volta das 08h, houve uma instabilidade na consulta, e alguns trabalhadores podem não conseguir acessar todas as funcionalidades. No entanto, é possível consultar se o atual empregador e os antigos depositaram os valores de forma correta, o que auxilia o trabalhador a saber se tem até R$ 1.000 a receber.

O Jornal OHoje te explica quem tem direito de saque e como consultar esse valor disponível. Para ter acesso aos dados, o cidadão que já tem o app FGTS deve fazer a atualização. Quem ainda não possuiu o aplicativo pode baixá-lo na App Store ou Google Play Store. Neste caso, será preciso criar uma senha de acesso, informando o CPF e seguindo os passos pedidos pelo programa.

Continua após a publicidade

Quem tem direito e como sacar?

Tem direito ao FGTS extraordinário o trabalhador com saldo na conta do fundo. Se o titular possuir mais de uma conta do Fundo de Garantia, a retirada ocorre da seguinte forma: primeiro, é sacado o dinheriro das contas relativas a contratos de trabalho extintos, com início pela conta que tiver o menor saldo; em seguida, serão retirados os valores das demais contas vinculadas.

Não estará disponível para saque o dinheiro que estiver bloqueados, como no caso de quem optou pelo saque-aniversário do FGTS. Ao todo, serão liberados R$ 30 bilhões para cerca de 42 milhões de trabalhadores entre os dias 20 de abril e 15 de junho. O pagamento é feito conforme o mês de aniversário do cidadão.

Consulta do saldo do FGTS pelo app:

  1. Atualize ou baixe o aplicativo FGTS no seu celular
  2. Depois, abra o app e clique em “Entrar no aplicativo”
  3. O programa parguntará se pode utilizar caixa.gov.br; clique em “Continuar”
  4. Informe seu CPF, vá em “Não sou um robô” e, depois, em “Próximo”; se o programa pedir para identificar imagens, identifique-as e vá em “Verificar”
  5. Informe a senha e clique em “Entrar”
  6. O app pedirá que confirme seu endereço; confira se ele está correto e clique em “Sim”
  7. Se quiser cadastrar uma conta bancária, escolha essa opção; caso contrário, clique em “Voltar para a tela inicial”
  8. Segundo a Caixa, o app irá informar o valor disponível, a data de depósito e como será o pagamento

Consulta do saldo do FGTS pelo site:

  1. Acesse o site www.fgts.caixa.gov.br
  2. Na página inicial, vá em “Saque Extraordinário do FGTS”
  3. No campo específico, informe o CPF ou o número do PIS (caso não tenha o número do PIS, a consulta pode ser feita pelo Meu INSS ou pelo telefone 0800-7260207 da Caixa)
  4. Clique em “Não sou um robô” e vá em “Continuar”
  5. O sistema pedirá para clicar em imagens; identifique-as e vá em “Verificar”
  6. Será preciso informar sua senha de internet e clicar em “Continuar”; se não tiver ou não se lembrar, vá em “Cadastrar ou esqueceu senha?”
  7. Informe o número do celular e diga se quer receber mensagens de SMS
  8. O último passo mostrará como você receberá os valores, o total liberado e a data do depósito

Veja Também