Casa Milagrosa: residência escapa da lava de vulcão em erupção nas Canárias

Vulcão Cumbre Vieja começou a entrar em erupção no último domingo (19) deixando mais de 200 moradias destruídas e cerca de 6 mil pessoas tiveram que deixar as casas

Postado em: 24-09-2021 às 17h02
Por: Maria Paula Borges
Vulcão Cumbre Vieja começou a entrar em erupção no último domingo (19) deixando mais de 200 moradias destruídas e cerca de 6 mil pessoas tiveram que deixar as casas | Foto: Alfonso Escalero

Uma imagem mostra uma casa nas Ilhas Canárias que conseguiu escapar da lava do vulcão em erupção. Nas redes sociais, os internautas apelidaram a residência, localizada na ilha espanhola La Palma, de “casa milagrosa”. O vulcão Cumbre Vieja começou a entrar em erupção no último domingo (19/09) e deixou mais de 200 moradias destruídas, e cerca de 6 mil pessoas tiveram que deixar suas casas às pressas.

A lava do vulcão ainda está avançando e os cientistas não têm certeza de quanto tempo a erupção vai durar. A imagem, registrada pelo fotógrafo Alfonso Escalero, mostra uma casa cercada por rios de lava do vulcão. Segundo o jornal El Mundo, o imóvel é propriedade de um casal dinamarquês aposentado, Inge e Ranier Cocq, que não visitam a ilha desde o início da pandemia de Covid-19.

Responsável pela construção da casa junto ao marido, Ada Monnikendam, contou que havia conversado com o casal, que teria dito a ela que estão aliviados pelo imóvel ainda estar de pé mesmo sem poder ir à residência agora. Segundo Monnikendam, o casal tem amigos na região que perderam tudo por causa da erupção do vulcão.

Continua após a publicidade

Em relação à fotografia, Ada afirmou que é triste saber que a casa está sozinha sem alguém que possa cuidar dela. Autoridades locais dizem que a lava pode desencadear uma reação química capaz de provocar explosões e liberação de gases tóxicos caso atinja o mar.

Na última quinta-feira (23/09), especialistas disseram que a lava está se movendo lentamente e que não está claro se chegará ao mar. O governo das Ilhas Canárias anunciou planos para comprar dois conjuntos habitacionais para desabrigados.

O primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez, voou de La Palma para Nova York, onde cumpriu uma reduzida agenda na Assembleia Geral da ONU, para voltar às Ilhas Canárias e supervisionar as operações de emergência.

Veja Também