Sábado, 04 de fevereiro de 2023

Deputados autorizam Governo de Goiás a vender 55 imóveis do Estado

O projeto encaminhado pelo Governo Estadual solicitando da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego) a autorização para venda de 55 imóveis, localizados em

Postado em: 07-05-2021 às 10h16
Por: Nielton Soares
As áreas estão localizadas em 29 municípios goianos. O projeto foi encaminhado pelo Executivo e foi aprovado em primeira votação na Assembleia Legislativa de Goiás (Alego) | Foto: reprodução

O projeto encaminhado pelo Governo Estadual solicitando da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego) a autorização para venda de 55 imóveis, localizados em 29 municípios goianos, foi aprovado pelos deputados. A votação ocorreu nessa quinta-feira (06/05) e recebeu 19 votos a favor e apenas quatro contras.

A justificativa da Secretaria de Estado da Administração (SEAD) é que não é interessante para o Estado manter a propriedade de imóveis desocupados. Uma vez que não estão vinculados a uma finalidade pública.

Assim, conforme o projeto, seria melhor vendê-los a fim de gerar receita para novos investimentos para o Estado. Inicialmente, a proposta do governo listava 57 imóveis. A duas áreas excluídas ficam em Goiânia e a outra em Rio Verde.  

Continua após a publicidade

Terrenos

O terreno na Capital pertencente ao Estado, se localiza na Fazenda Retiro, próximo ao Aeroporto Santa Genoveva, e possui 85.226,47 m². Mas parte é ocupada pelo Centro de Excelência de Tênis de Goiânia. E o pedido para a retirada dessa área foi feito pelo deputado Lucas Calil (PSD).

Já o outro lote, com 4.886,49 m², fica no Setor Central de Rio Verde, porém, há construções no local, o que dependeria de desmembramento da parte ociosa para a venda. A retirada dessa gleba da proposta foi do deputado Chico KGL (DEM).

Por outro lado, nesse sentido, a oposição questionou que o governo não apresentou as informações de quanto será arrecadado com essas vendas e a destinação dos recursos, se será para uso público.

Veja Também