Campanha Fora Bolsonaro convoca nova manifestação em julho

O movimento tenta ampliar a pressão para que o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), acolha um dos mais de 100 pedidos de impedimento contra Jair Bolsonaro

Postado em: 22-06-2021 às 17h07
Por: Redação
O movimento tenta ampliar a pressão para que o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), acolha um dos mais de 100 pedidos de impedimento contra Jair Bolsonaro | Foto: João Gabriel Palhares

A campanha Fora, Bolsonaro, organizada por frentes como a Povo sem Medo, a Brasil Popular, a Coalizão Negra por Direitos e pela União Nacional dos Estudantes (UNE), convou para o dia 24 de julho novas manifestações contra o presidente Jair Bolsonaro (Sem partido). O ato segue um conjunto de ações que vem sendo realizadas em favor do impeachment do presidente, por mais vacinações e também pelo auxílio emergencial de R$ 600.

Outra mobilizações ocorreram também em 29 de maio e 19 de junho, onde levaram mais de 750 mil pessoas as ruas em todo país. O movimento tenta ampliar a pressão para que o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), acolha um dos mais de 100 pedidos de impedimento contra Jair Bolsonaro.

Segundo a organização da mobilização, no sabádo (19/6) houveram 427 atos em 366 cidades do Brasil, incluindo as 27 capitais, e em 42 cidades do exterior em 17 países. No mês passado, houve no total 227 atos, distribuídos em 210 cidades no país e 14 cidades no exterior. Para o dia 24 o objetivo também é ampliar ainda mais o número de cidades e fortalecer o apoio de todos os setores da sociedade.

Continua após a publicidade

“Daqui até esse dia [24 de julho] devemos construir um processo de mobilização e ampliação para que os atos sejam ainda maiores. Teremos o ato de entrega do super pedido de impeachment em Brasília, plenárias nacionais, assembleias locais e dia de paralisação. É muita luta!”, escreveu nas redes sociais o presidente da UNE, Iago Montalvão.

Veja Também