Paulo Coelho pede para ONU impedir entrada de Bolsonaro

Postado em: 18-09-2021 às 17h31
Por: Marcelo Mariano
O presidente brasileiro quer estar presencialmente em Nova York, nos Estados Unidos, para discursar na Assembleia Geral das Nações Unidas, cuja sessão, tradicionalmente, é aberta pelo Brasil | Foto: Alan Santos/PR

O escritor brasileiro Paulo Coelho usou o Twitter para fazer um apelo ao secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), o português António Guterres.

“Sei que não pode impedir a entrada de mandatários, mas seria uma vitória proibir a comitiva do presidente brasileiro de entrar”, escreveu. “Não estão vacinados.”

Paulo Coelho disse também que a comitiva liderada por Jair Bolsonaro (sem partido) é um “mau exemplo” estampado “em todos os jornais do mundo”.

Na terça-feira (21), Bolsonaro quer estar presencialmente em Nova York, nos Estados Unidos, para discursar na Assembleia Geral da ONU, cuja sessão, tradicionalmente, é aberta pelo Brasil.

A cidade de Nova York impõe restrições a não vacinados, mas, como a sede da ONU é considerada um território internacional e tem personalidade jurídica própria, a legislação municipal não se aplica lá.

Compartilhe: