Segundo PF, blogueiro Allan dos Santos pode ter incentivado Bolsonaro a dar golpe

Influenciador bolsonarista também é investigado pelo STF no âmbito do inquérito das fake news e teve sua conta suspensa pelo Twitter

Postado em: 10-10-2021 às 10h24
Por: Marcelo Mariano
Influenciador bolsonarista também é investigado pelo STF no âmbito do inquérito das fake news e teve sua conta suspensa pelo Twitter | Foto: Reprodução

O blogueiro Allan dos Santos, dono do canal Terça Livre, teria incentivado o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) a dar um golpe, segundo investigação da Polícia Federal.

“A partir da posição privilegiada junto ao Presidente da República e ao seu grupo político, especialmente os Deputados Federais Bia Kicis, Paulo Eduardo, Martins, Daniel Silveira, Caroline de Toni e Eduardo Bolsonaro, dentre outros, além e particularmente o Ten-Cel. Mauro Cesar, ajudante de ordens do Presidente da República, a investigação realizada pela Polícia Federal apresentou importantes indícios de que Allan dos Santos tentou influenciar e provocar um rompimento institucional”, diz a PF.

A tentativa de Allan dos Santos influenciar Bolsonaro, ainda de acordo com a PF, teria ocorrido durante os atos considerados antidemocráticos em abril e maio do ano passado.

Continua após a publicidade

Twitter

Investigado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) no âmbito do inquérito das fake news, Allan dos Santos teve sua conta pessoal e a do Terça Livre suspensas pelo Twitter após determinação do ministro Alexandre de Moraes.

Veja Também