Leite considera abrir mão de candidatura pela consolidação de um nome forte de centro

Postado em: 18-10-2021 às 11h19
Por: Felipe Cardoso
Recuo só ocorreria, segundo ele, se Dória resolver o problema da rejeição e decolar nas pesquisas. "O que não estou vendo nesse momento", acrescenta

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), não descartou a possibilidade de abrir mão da disputa interna que definirá o candidato tucano à presidência da República no ano que vem. O que só seria feito, segundo ele, em prol da consolidação de um nome forte que permeie como alternativa entre o ex-presidente Lula (PT) e o atual presidente, Jair Bolsonaro (Sem partido).

Apesar de outros nomes figurarem como possíveis candidatos do PSDB na disputa de 2022, nos bastidores o comentário é de que o principal e único adversário interno de Leite é ninguém menos que o governador de São Paulo, João Dória.

“Se Dória resolver o problema da rejeição e decolar nas pesquisas até as prévias não tenho problema nenhum em retirar minha candidatura, mas não estou vendo isso nesse momento”, disse o governador do Rio Grande do Sul em um jantar com representantes do setor produtivo. Em outro trecho, Leite garantiu, contudo, que vai “ganhar as prévias”.

Compartilhe: